Previsão da Conab é de novo recorde na produção de grãos

Agro
Guaíra, 16 de outubro de 2016 - 09h21

A última safra de milho foi marcada por perdas causadas pelo clima. Agora, a produção do grão espera um novo cenário em todo o país

O clima prejudicou bastante a última safra de milho, mas a produção do grão deverá ter um novo cenário nos próximos meses no Brasil. É o que mostra o primeiro levantamento da Conab para a safra que está ainda no início do plantio.

Esse primeiro levantamento traz a intenção de plantio dos produtores para a safra 2016/2017, por isso, a estimativa trabalha com previsões mínimas e máximas. A produção nacional deve ficar entre 210,5 e 215 milhões de toneladas, 15% a mais do que a safra anterior, que passou de 186 milhões de toneladas. Seria um novo recorde da safra nacional.

A soja continua sendo a principal cultura, corresponde a 51% da produção total. A expectativa é que os agricultores colham entre 101 e 104 milhões de toneladas.

O que mais chamou a atenção dos técnicos da Conab nessa estimativa inicial foi o milho primeira safra. Depois de 3 anos seguidos de queda, a produção dessa vez deverá ser superior, deve ficar entre 26 milhões e quase 27 milhões de toneladas, 7% de aumento na comparação com a safra passada. Houve crescimento de área nas regiões Sul, Sudeste e também na Bahia.

A previsão é otimista também para outros produtos como arroz, que deve crescer mais de 13%, e o feijão primeira safra, quase 19%.

A Conab calcula que a safra será maior com base em estudos meteorológicos. Sem a ação do El Nino não deve haver muita alteração no clima. (G1)


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agro
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente