Programa Crédito Retomada aprova R$ 35 milhões para pequenos negócios em apenas uma semana

Modelo de parceria estabelecido entre Sebrae-SP e fintechs supera expectativa em seus primeiros dias de existência aprovando recursos facilitados e sem burocracias

Geral
Guaíra, 27 de julho de 2020 - 22h40

Lançado no dia 17 de julho, para auxiliar o empreendedor na superação dos impactos causados pela crise da Covid-19, o Programa de Crédito Retomada completou uma semana com R$ 35 milhões em crédito facilitado e sem burocracia, aprovados para micro e pequenas empresas do Estado de São Paulo. Iniciativa do Sebrae-SP e fintechs BizCapital e Nexoos já disponibilizou R$ 2 milhões em recursos para mais de 100 pequenos negócios até o momento. O restante do dinheiro deverá ser liberado nos próximos dias, mantendo a média de sete dias úteis entre a solicitação do crédito pelo empreendedor, aprovação e repasse dos recursos pelas fintechs. A expectativa é de que os R$ 50 milhões ofertados nesta primeira fase do projeto terminem nas próximas semanas.

“Estamos muito felizes com o resultado alcançado até o momento, que se mostrou acima das nossas expectativas. Já estamos trabalhando em busca de novos parceiros para que mais recursos estejam disponíveis em breve para os pequenos negócios do Estado. Este modelo com as fintechs, online, facilitado e sem burocracias, está comprovado que dá muito certo. O empreendedor precisa de crédito rápido neste momento e está conseguindo”, comemora o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit.

Microempreendedores individuais (MEIs) e produtores rurais têm acesso a até R$ 20 mil, com juro zero. Microempresas (MEs) podem solicitar até R$ 60 mil com taxas de 0,35% a 0,7% ao mês. O pagamento possui carência de seis meses. No total, o empreendedor terá de 36 a 48 meses para quitar o valor emprestado. Os recursos poderão ser usados para capital de giro, pagamento de salários atrasados, de contratos e aluguel, dentre outras necessidades atreladas ao pequeno negócio.

Com toda a operação do Programa de Crédito Retomada feita pelas fintechs, o Sebrae-SP segue atuando como orientador. Todos os participantes do programa serão acompanhados por especialistas, por meio de consultorias individuais e encontros coletivos remotos. “Vamos agregar todo o nosso conhecimento em educação empreendedora para avaliar o uso do crédito e ajudar na busca de soluções para a sobrevivência e evolução do negócio”, afirma Wilson Poit.

 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente