Sementes misteriosas: guairenses recebem pacote da China com material desconhecido

O mesmo caso também foi relatado em outras partes do país. Ministério da Agricultura, que já foi acionado para o caso em Guaíra, alerta para que as pessoas não abram ou descartem o pacote no lixo, para evitar o contato das sementes com o solo

Geral
Guaíra, 30 de setembro de 2020 - 11h55

O caso tem ocorrido em diversas partes do Brasil e também nos Estados Unidos. Pessoas estão recebendo pacotes vindos da China com sementes misteriosas. Agora, guairenses também relataram que essas caixas chegaram para eles nos últimos dias.

Guairense recebeu caixa com diversas sementes de milho e alho, com mensagens escritas à mão ilegíveis

Enquanto de uma cidadã vieram sementes de milho, de outro chegaram dois sacos repletos de sementes marrons, desconhecidas. Este último entrou em contato nesta terça-feira, 29, com a secretaria municipal de Agricultura, que o orientou a não abrir ou plantar tais sementes, por não terem nenhuma procedência.

“Ontem (29) à noite fui procurado por um morador falando que tinha chego um pacote suspeito da China e quando ele abriu tinha várias sementes que não se sabe do que é. O próprio Ministério da Agricultura já divulgou nota orientando a todos que quando chegar pacotes e ver que é semente não é pra plantar ou jogar fora. É para entrar em contato com as autoridades competentes para as devidas providências”, declara o secretário da agricultura de Guaíra, Rafael Graner Lelis.

A secretaria entrou em contato com a Defesa Sanitária do Estado de São Paulo, que virá recolher o material para dar o devido destino. “O problema de plantar ou manipular essas sementes é que não sabemos qual planta que é ou se pode vir com algum fungo ou alguma praga que não existe no nosso país, patógenos, doenças, etc. Isso é muito importante: não abram e não plantem essa sementes”, alerta Rafael, que solicita para que todos que receberem essas caixas, que entrem em contato com a secretaria através dos telefones 3331-2799 ou 99978-6012.

Em todo o país

O G1/Globo publicou que nestes últimos dias, o Ministério da Agricultura recebeu 36 denúncias sobre o recebimento de pacotes de sementes não solicitadas. Ainda de acordo com o governo, 8 estados registraram o problema. Essas sementes misteriosas normalmente vêm junto com produtos comprados pela internet, em sites ou aplicativos internacionais. Segundo o ministério, a origem das embalagens é de países asiáticos, como China e Malásia.

Caso o cidadão venha a receber em casa sementes provenientes do exterior, o governo orienta a entrega do material para uma das unidades do ministério em seu estado ou no órgão estadual de defesa agropecuária.
O pacote também não deve ser descartado no lixo, a fim de evitar o contato das sementes com o solo, o que poderia causar prejuízos ao meio ambiente e para as áreas agrícolas.

Cabe ressaltar que, ao entregar as sementes adquiridas ou recebidas de remetentes desconhecidos, o cidadão não estará sujeito a penalidades. O mesmo vale para cidadãos que porventura tenham efetuado o plantio.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente