Senado aprova projeto que facilita crédito a produtor rural

Agro
Guaíra, 18 de junho de 2017 - 07h48

Texto, que ainda precisa passar pela Câmara, prevê que o produtor use a terra como garantia para operações de crédito

O plenário do Senado aprovou, na última quarta-feira (14), Projeto de Lei que autoriza o proprietário de imóvel rural a submeter a área total ou fração de seu imóvel ao regime de afetação e instituir a Célula Imobiliária Rural (CIR). Isso, na prática, significa que ele poderá usar a propriedade, ou parte dela, como garantia para operações de crédito.

O objetivo do projeto é ampliar e tornar mais simples e ágil o acesso do produtor rural ao crédito. O texto, no entanto, ainda precisa voltar à Câmara dos Deputados, já que foi alterado por emendas do relator, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Para evitar fraudes, o projeto classifica como crime de estelionato mentir sobre a área rural e suas características. Também será punido quem omitir, na CIR, que o bem está sujeito a outro ônus ou responsabilidade de qualquer espécie, inclusive de natureza fiscal e ambiental.

EMENDAS PARLAMENTARES

Uma das emendas do senador inclui a obrigação de registrar a célula imobiliária em até 90 dias, sob pena de se tornar sem efeito. Outra emenda diz que o proprietário que não emitir a CIR em 90 dias ficará impedido de usar o patrimônio como garantia por um ano.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agro
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente