Sindicato Rural justifica a extração da árvore que gerou polêmica nas redes sociais

A medida adotada pela diretoria está projetada desde ano passado. As arvores estão sendo replantadas em outros espaços

Cidade
Guaíra, 18 de julho de 2019 - 08h30

Uma polêmica foi destaque nessa semana, nas redes sociais. O assunto em pauta se tratava de uma (1) árvore florida (Ipê) arrancada da área interna do Sindicato Rural. Alguns munícipes se manifestaram através das redes sociais para registrar a insatisfação da atitude da diretoria.

Nossa reportagem procurou o presidente do Sindicato Rural de Guaíra, o produtor rural Francisco Muraishi, que alegou que não se trata de um ato contra o meio ambiente e sim uma reorganização de espaços, e que as ”arvores arrancadas” citada na polêmica é apenas um Ipê ainda jovem e que será reaproveitado em outro local. Disse também que as arvores floridas estão no seu devido lugar mantendo a exuberância do local (conforme as fotos).

”Esse projeto já está em pauta desde do ano passado. Nossos associados foram informados e conhecem o respeito que tenho ao meio ambiente e do meu comprometimento com a natureza. Todos os anos sou responsável por ações ligadas ao meio ambiente, nos eventos realizados em Guaíra, como exemplo a Fazendinha (durante a realização das antigas FEAGS e no ano passado FAIG)”.

O presidente justificou ainda, que desde do ano passado o Sindicato vem passado por alterações na sua estrutura física, a partir da solicitação da prefeitura em arrancar as arvores na calçada no perímetro da rua 20. A calçada foi toda refeita e as arvores replantadas ou substituídas.

”Refizemos toda calçada na rua 20, a pedido da prefeitura. Na ocasião replantamos todas as arvores. Da mesma forma será feito nessa ação, tudo será devidamente substituído ou replantado dentro da legalidade. Arrancamos apenas 1 (um) Ipê, os demais se encontram nos seus devidos lugares” finalizou Muraishi.

O Sindicato está adequando seus espaços, será feito uma expansão da área de estacionamento para atender, com excelência, os associados, funcionários e a diretoria e a preservação da natureza será feita com a mesma responsabilidade dos outros anos.






Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos