UNIFEB afirma que ameaça de ”atentado” não passou de boato

Em nota, a direção da faculdade afirma que abriu sindicância interna e tomou providências visando a abertura de investigação policial

Região
Guaíra, 28 de março de 2019 - 11h37

Na noite de terça-feira dia 26 o boato de que um possível estudante estaria armado dentro da UNIFEB Barretos gerou pânico entre os estudantes e familiares, que acompanharam algumas especulações pelas redes sociais…

Veículos de comunicação chegaram a noticiar que um rapaz, do primeiro ano de Educação Física, estaria armado e ameaçando matar outros jovens e que, inclusive, ele já havia sido localizado e identificado com duas armas. Porém, de acordo com a instituição, tudo não passou de boato. O pânico gerado entre famílias que estavam em Guaíra aguardando seus filhos foi imensurável.

Em nota, a direção da faculdade afirma que abriu sindicância interna para apurar as especulações e chamou a polícia ao local para esclarecer qualquer ocorrência. “A direção do UNIFEB foi surpreendida por uma onda de boatos nas redes, que resultou em suspeitas de ameaças de violência dentro do campus da instituição. A reitoria decidiu pela abertura de uma sindicância interna e tomou providências visando a abertura de investigação policial, para melhor apurar os fatos e a origem da propagação do boato”, informa a instituição.

Além disso, a reitoria tomou providências para restaurar a normalidade no campus. ”Na noite de terça, policiais militares estiveram no Campus do UNIFEB e houve a constatação de que nenhum episódio de ameaça ou porte de qualquer tipo de arma de fato aconteceu na instituição, o que leva a crer que pode não ter passado de boato.”

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Região
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos