Vereador denuncia estado de abandono de pré-escola

Geral
Guaíra, 15 de junho de 2017 - 08h14

Moacir João Gregório verificou situação do prédio da Edull Lellis Garcia Tavares, localizada no bairro Dr. Fábio Talarico e irá pedir providências ao prefeito

O vereador Moacir João Gregório (PSB) visitou, nesta última semana, a pré-escola Edull Lellis Garcia Tavares, que está localizada no conjunto habitacional Dr. Fábio Talarico. O prédio, sem uso desde o ano passado, está completamente abandonado pelo poder público.

O parlamentar entrou no espaço e constatou uma grande quantidade de sujeira provocada por pombos, as portas danificadas, lousas arrancadas. “Nos banheiros a situação é crítica, uma vez que está sendo utilizado por usuários de substâncias entorpecentes”, destacou.

Moacir Gregório lamentou a situação. “O prédio estar fechado sem uso não é problema, a minha preocupação é o zelo que a atual administração está tendo com os espaços públicos. Não fazem a manutenção e muito menos zelam do que já está pronto”, disse.

O vereador afirmou que o local é um problema até para os moradores que residem nas proximidades, uma vez que serve para que indivíduos utilizem o espaço para práticas delituosas. “Com as portas abertas, o acesso de pessoas é fácil, sem nenhum obstáculo”, completou.

Na opinião de Gregório, a prefeitura deveria ao menos fazer a limpeza, trancar as portas e colocar um vigia noturno para impedir acesso de pessoas no interior do imóvel. “Quanto mais o tempo passa, mais depredado ficará e com isso o custo da reforma será enorme. Quem pagará o preço no final das contas será o cidadão”, conclui.

O edil lembrou que o prédio onde estava abrigada a antiga Delegacia de Defesa da Mulher, na rua 42 entre as avenidas 27 e 29, no bairro Miguel Fabiano, também está na mesma situação da pré-escola do bairro Cohab 1.

Moacir ressaltou que a prefeitura paga aluguel de diversos imóveis e deixa dois deles desocupados e sendo depredados. “Não posso admitir que isto aconteça. Está aos olhos de todo mundo, só não vê quem não quer. O poder público tem por obrigação zelar do patrimônio. Se não pode reformar, que pelo menos evite que continuem destruindo”, finalizou

ANTIGA GESTÃO

Durante a sessão ordinária desta última terça-feira, 13, a presidente do legislativo, Dra. Ana Beatriz Coscrato Junqueira comentou sobre a denúncia de Moacir. A Dra. Bia afirmou que o local foi desocupado pela antiga gestão, do ex-prefeito Sérgio de Mello, assim também como outra pré-escola da Cohab II e que a nova administração está priorizando outro problemas para depois buscar soluções a estes imóveis abandonados.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente