ACIG Guaíra participa de palestra do Cadastro Positivo

Os diretores Mohamed Abo Ali, Gustavo Barrachi e a gerente de negócios Denise Mendes, estiveram na Associação Francana, buscando as informações para atender os associados guairenses

Geral
Guaíra, 14 de julho de 2019 - 08h30

Na última sexta-feira dia 05 os diretores Mohamed Abo Ali – Mamedão, Gustavo Barrachi e a gerente de negócios, Denise Mendes, estiveram na ACIF (Associação do Comércio e Indústria de Franca que foi sede do encontro da Facesp – Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo). Na oportunidade 16 entidades de Franca e região participaram do evento, que além de ter tratado das demandas dos federados, abriu espaço para que os empresários participassem de uma palestra de esclarecimento sobre o Cadastro Positivo: Banco de dados sobre bons pagadores que teve lei sancionada para que consumidores e empresas fossem automaticamente incluídos em sua base.

O Cadastro Positivo é o banco de dados com informações de pagamento (pagas em dia e/ou com atraso) dos compromissos financeiros e pagamentos relativos às operações de crédito e aos serviços continuados dos consumidores (pessoa física ou jurídica).

O presidente da Facesp, Alfredo Cotait afirmou que o Cadastro Positivo é uma revolução extraordinária na indústria do crédito, e confirmou o apoio da federação à Reforma da Previdência votada na última quarta-feira no Congresso Nacional. ”Temos grandes mudanças também na macroeconomia, como a Reforma da Previdência, e sua aprovação foi fundamental para melhorar o ambiente dos negócios”.

Para o presidente da ACIF, Tarciso Bôtto, o saldo do encontro foi positivo. ”Tivemos acesso a um conteúdo esclarecedor sobre um tema que causará impacto no meio empresarial, o Cadastro Positivo. Acredito que encontros como este contribuam para o fortalecimento da classe empreendedora e com a busca por representatividade”.

Os diretores da ACIG de Guaíra ficaram satisfeitos com a apresentação do Cadastro positivo dizendo que será uma grande inovação na concessão de crédito no Brasil. Possuindo uma lógica inversa ao SCPC, que é o banco de dados que acumula as informações negativas do consumidor, aqueles episódios em que ele deixou de pagar uma prestação. Já o Cadastro Positivo não analisa um único momento em que uma conta não foi paga, mas o histórico do consumidor vê como ele se comporta diante das contas, produtos e serviços que adquire, desde a conta de luz à compra de uma geladeira.

Para o empresário Mamedão, a expectativa é de que, com a implantação do Cadastro Positivo, haja queda no custo das linhas de crédito para bons pagadores, e isso será de grande valia para os consumidores guairenses…






Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos