Agrishow 2016 apresentará lançamentos das principais empresas do agronegócio

Agro
Guaíra, 24 de abril de 2016 - 10h25

A 23ª edição da Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação tem início amanhã

Em um ano marcado por desafios econômicos e pelo acentuado debate político-social, o agronegócio continuará a ter um papel fundamental para levar a nação a uma retomada do crescimento econômico, com resultados positivos no cenário político e social. Ano passado, o Produto Interno Bruto (PIB) agropecuário registrou uma alta de 1,8% ante 2014, cuja soma de toda a riqueza produzida pelo setor chegou ao patamar de R$ 263,6 bilhões, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com essa expectativa positiva em relação às atribuições do agronegócio para o desenvolvimento do Brasil é que será promovida a 23ª edição da Agrishow – Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, entre os dias 25 e 29 de abril, em Ribeirão Preto (SP), uma iniciativa das principais entidades do segmento no país: Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira. O evento é organizado pela Informa Exhibitions, integrante do Grupo Informa, um dos maiores promotores de feiras, conferências e treinamento do mundo com capital aberto.

Reconhecida como palco de tendências, lançamentos e inovações tecnológicos para o produtor rural, a feira contará com a participação das principais empresas que compõe a cadeia do agronegócio brasileiro e internacional. São mais de 800 marcas confirmadas, que levarão uma série de novidades em máquinas, implementos agrícolas, sistemas de irrigação, insumos, sistemas para agricultura de precisão, soluções de monitoramento e automação, acessórios, peças, serviços e outros produtos, com reais benefícios para o pequeno, médio e grande agricultor e pecuarista, como por exemplo, o aumento da produtividade, o crescimento da rentabilidade, a redução de custos, a economia de recursos naturais e de insumos, a melhoria da operação de equipamentos no campo, mais eficiência na plantação e mais assertividade no cultivo das culturas.

Entre as áreas da Agrishow 2016 estão: agricultura de precisão, agricultura familiar, armazenagem (silos e armazéns), corretivos, fertilizantes, defensivos, equipamentos de segurança (EPI), equipamentos de irrigação, ferramentas, implementos e máquinas agrícolas, máquinas para construção, peças, autopeças, pneus, pecuária, produção de biodiesel, sacarias e embalagens, seguros, sementes, software e hardware, telas, arames, cercas, válvulas, bombas, motores e veículos (pick ups, caminhões e utilitários, além de aviões agrícolas).

São esperados 160 mil visitantes do Brasil e do exterior, um público qualificado e interessado em conhecer as mais avançadas tecnologias para o campo. A organização do evento sempre realiza um planejamento minucioso para dispor os estandes de maneira assertiva, o que significa que as empresas de um mesmo segmento de negócios estão localizadas em regiões próximas, como por exemplo, as montadoras de automóveis, que apresentam seus lançamentos em pick-ups e SUVs (Utilitários Esportivos) e que estão situadas na Rua G, ou as soluções de irrigação, que ficam na Rua 20, entre as Ruas B e C entre outros setores que podem ser visualizados na planta da feira.

Ao longo dos mais de 20 anos de trajetória bem-sucedida, a Agrishow 2016 é considerada um motor para o agronegócio nacional, uma vez que passou por diversos cenários econômicos, políticos e sociais, sempre proporcionando um ambiente ideal para a realização de negócios, para a apresentação de tendências que contribuíram para o desenvolvimento do setor e da economia do País, para a divulgação de conhecimento e de novas técnicas para manejo no campo, para a difusão de tecnologias voltadas para sustentabilidade e para a produtividade, bem como uma plataforma para anúncios de investimentos e de créditos públicos e privados para o setor. Além disso, tradicionalmente, por sua importância e por seu protagonismo, a exposição deve receber as principais lideranças do segmento e de representantes das três esferas do governo – municipal, estadual e federal.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agro
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente