Cooperativa de Barretos espera dobrar lucro com auxílio do Microbacias II

Agro
Guaíra, 7 de agosto de 2016 - 08h07

As Propostas de Negócio aprovadas e acompanhadas pelo projeto estão distribuídas em todo o território paulista, beneficiando diretamente 6.267 famílias de produtores rurais

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, se reuniu na tarde de 1º de agosto, com agricultores da Cooperativa de Produtores Rurais de Barretos e Região (Coopbar), beneficiada em duas chamadas do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado. O encontro foi realizado no Sindicato Rural do Vale do Rio Grande, em Barretos.

A Coopbar foi contemplada duas vezes na iniciativa do Governo do Estado de São Paulo executada pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) da Secretaria: na 5ª e na 6ª chamadas. O presidente da entidade, Ênio Melo Rodrigues, comemorou melhorias como sede própria, um packing house, um caminhão e uma processadora de suco e outra de olerícolas. O investimento total é de R$ 1.045.356,26.

Arnaldo Jardim aproveitou a oportunidade para reforçar: a atenção ao pequeno produtor e ao agricultor familiar é uma das principais diretrizes do governador Geraldo Alckmin para a Secretaria. “São agricultores que não podem mais ser vistos como café-com-leite. São produtores que querem oportunidades e apoio porque eles são totalmente capazes, dão conta do recado”, apontou o secretário.

Ele destacou ainda a importância do trabalho feito pelo Sindicato, que “cumpre o importante papel de aproximar dos agricultores as tecnologias e inovações que garantem mais produtividade ao trabalho deles”.

O trabalho cooperativista, que gera renda, agrega valor e dá condições de competitividade aos pequenos, foi destacado pelo presidente do Sindicato, Cyro Ferreira Penna Junior, como uma forma justa de trabalho. “Acreditamos que o cooperativismo é a única saída para o produtor rural não ser engolido pelos grandes do agronegócio”, definiu, agradecendo “o apoio de longa data que recebemos por parte da Secretaria de Agricultura. Isso é muito importante para nós”.

Ação do Governo do Estado de São Paulo, o Microbacias II – Acesso ao Mercado é executado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio da Coordenadoria de Assistência Integral (Cati), e pela Secretaria do Meio Ambiente, por meio da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais (CBRN).

Entre 2011 e 2015, foram realizadas seis Chamadas Públicas, sendo efetivamente implantadas 203 Iniciativas de Negócio, que beneficiam 111 associações e 62 cooperativas de produtores rurais, totalizando R$ 82,94 milhões em apoio a essas organizações. Também foram aprovados 27 projetos comunitários de comunidades indígenas (6) e comunidades quilombolas (21), totalizando R$ 3,76 milhões.

As Propostas de Negócio aprovadas e acompanhadas pelo Microbacias II estão distribuídas em todo o território paulista, beneficiando diretamente 6.267 famílias de produtores rurais, das quais 5.819 são agricultores familiares.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agro
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente