A força dos boatos!

Editorial
Guaíra, 19 de maio de 2016 - 11h11

Cidade do porte da nossa é mesmo assim: os boatos correm feito rastilho de pólvora!

Boatos, mentiras, diz-que-diz, aviãozinho, não importa o nome, o resultado é sempre o mesmo: prejuízo!!!

Na véspera da Festa do peão, fomos assolados com o boato de que a festa teria sido cancelada. Foi um desespero só! Pessoas que tinham gasto suas economias comprando bebidas para colocar nas “barraquinhas” entraram em pânico.

O comércio ficou momentaneamente paralisado!

Quando isto acontece em período eleitoral não é aceitável, mas já se tornou quase que institucional em nossa cidade. Os boatos chegam a denegrir a imagem de um candidato em detrimento de outro. Quantas vezes ouvimos, nestas ocasiões, em pleno comício, pessoas chegando com a conversa: “viram, a candidatura de fulano foi cassada, ele não é mais candidato”. Pronto! Estava feito o estrago!

Mas, em outras épocas, em outras festas, também boatos como este surgiram e nem por isso cancelou-se alguma festa.

Muitas vezes há um mal entendido por parte da população; por exemplo, o laudo feito pelo corpo de bombeiros, só pode ser emitido depois de toda estrutura pronta. E a estrutura não fica pronta se não na véspera da festa, ou no próprio dia! O Corpo de bombeiros só pode emitir este laudo após vistoriar, minuciosamente, o local preparado. Assim, este parecer é um dos últimos documentos a serem anexado para o “aceite” e o bom andamento de qualquer evento.

Mas, passado o susto dos primeiros momentos, fica mesmo a esperança de que as pessoas que fomentam este tipo de assunto, amadureçam, porque as eleições municipais se aproximam e, quem sabe, estaremos livres deste tipo de “propaganda do mal”.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente