Agora fechou!

Editorial
Guaíra, 6 de agosto de 2016 - 08h04

No último minuto, terminando o tempo para se fazer as convenções para apresentar e transformar os pré-candidatos em candidatos oficiais, fechou-se os escolhidos para buscarem a cadeira do Executivo.

São quatro os candidatos ao cargo majoritário. Não havia tantos assim há anos! Pelo menos nas últimas eleições vimos no máximo três!

Isso faz parte da democracia ou então faz parte de uma estratégia onde um candidato pretende “tirar” votos de outro! Ou então “desovar” votos em um candidato que supostamente não têm condições de se eleger para que o outro não receba tantos votos.  Isto é o chamado voto útil!

Assim, o guairense tem a oportunidade de escolher entre: José Eduardo Renato Moreira; José Carlos Soares Dr. Aloizio; Denir BarulhoNetinho; Sérgio de MelloJosé Renato!

Se há quatro candidatos para prefeito (e vice), já imaginaram a profusão de candidatos a vereadores?

Vai ser preciso muita publicidade, muito “santinho” para que o eleitor conheça e reconheça um candidato de sua preferência. Nosso munícipe não costuma votar pela legenda, pelo partido político; ele prefere – e isto já foi provado em outras eleições – votar na pessoa, mesmo que saiba que nesta eleição se encontram siglas desgastadas, com uma grande rejeição.

Em se falando em “rejeição”, pode ser que esta palavrinha possa determinar e no final ser o fiel da balança na hora de se votar.

Só para lembrar, houve um tempo em que Guaíra teve apenas um candidato a prefeito. Foi uma eleição de candidato único porque os demais retiraram a sua candidatura em sinal de maturidade e respeito para com o povo porque acharam, na época, que o candidato que ficou reunia maiores condições de governar nossa cidade.

Longe vai este tempo!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente