Não sabe de nada?

Editorial
Guaíra, 6 de fevereiro de 2016 - 10h04

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva está novamente nos holofotes das investigações. De informante da Operação Zelotes, Lula se transformou em novo investigado.

O delegado da Polícia Federal (PF) Marlon Cajado informou que o ex-presidente, e mais quatro ex-ministros de Estado, já estão sendo investigados em um inquérito que apura a suposta manipulação de julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), do Ministério da Fazenda, e a suposta compra de medidas provisórias a fim de favorecer grandes empresas.

Se antes Lula apenas se explicava sobre o tríplex ou o sítio em Atibaia, agora terá que organizar um discurso muito maior para esclarecer sua suposta participação no esquema.

O Instituto Lula informou que “nada justifica a conduta do Delegado Federal Marlon Cajado ao afirmar que o ex-presidente Lula seria investigado no inquérito 1621/2015. O ex-presidente foi ouvido no dia 6 de janeiro na condição de informante, sem a possibilidade de fazer uso das garantias constitucionais próprias dos investigados. Não há nenhum elemento que justifique a mudança do tratamento”.

Pois é, apesar do nome de Lula reaparecer em mais escândalos, o Partido dos Trabalhadores continua fazendo propaganda partidária e ressaltando que tudo isso não passa de uma “conspiração” para tentar “borrar” a imagem do ex-presidente, que tem sido “alvo de ataques, provocações e perseguições pelos preconceituosos de sempre”. Será que a Polícia Federal perderia tempo tentando “conspirar” contra Lula? Ou será que mais uma vez o PT tenta desviar o foco e “canonizar” o petista para que as eleições de 2018 não sejam um fiasco ao partido?


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente