O Papa Revolucionário

Editorial
Guaíra, 6 de janeiro de 2016 - 15h45

Jorge Bergoglio tem o sorriso doce que encanta, mas engana-se quem confunde sua doçura com ingenuidade.

Papa Francisco não tem “papas na língua” e chega a ser ácido com as “autoridades” do Vaticano, que insistem em manter as regalias tradicionais em Roma.

Quem assistiu ao Jornal Nacional viu que na reunião que fez com seus “comandados” enumerou 15 pecados que são praticados (dentro do Vaticano) e que merecem ser revistos, incluindo aí aqueles que pensam que são imortais e foram convidados a passear pelo cemitério dos bispos para entenderem que lá estão muitos que pensavam como eles.

“Temos que derrubar muros e construir pontes” é uma de suas frases favoritas. Com seu sorriso doce (aquele sorriso) fez mais do que seus antecessores: escreveu uma encíclica sobre o meio ambiente e se reuniu com líderes mulçumanos.

Os políticos brasileiros teriam que aprender muito com o Papa Argentino, em humildade e dignidade.

Nas Filipinas, rezou uma missa embaixo de um temporal abrigado apenas com uma capa amarela, de plástico, como se fosse mais um na multidão.

Na sua homilia de Natal, denunciou o “falso espírito natalino” e teve a coragem de dizer assim: “Teremos luzes, árvores e festas luminosas e presépios – tudo falso – o mundo continua em guerra. O mundo não entendeu o caminho da paz! Em todo lugar existe guerra e ódio. E o que permanece de uma guerra? Ruinas, destruições, milhares de crianças em educação, mortos inocentes e muito dinheiro no bolso do traficante de armas”.

Nosso Papa tem os olhos voltados para aqueles que não se encaixam nas regras, sejam homossexuais, descasados, mulheres que praticaram abortos. Os excluídos têm no Papa uma palavra de amor e compreensão.

No dia 17 de dezembro, nosso Papa completou 79 anos de idade, neste dia canonizou Madre Tereza de Calcutá a quem atribuiu a cura de um câncer de um engenheiro brasileiro de 42 anos. Madre Tereza é um símbolo da Igreja que Francisco defende, mais comprometida com os pobres e os que sofrem.

Que sejamos melhores neste ano e vida longa ao Papa!!!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente