O pior cego é aquele que não quer ver!

Editorial
Guaíra, 26 de abril de 2017 - 07h33

As redes sociais servem para difundir os grandes assuntos. É sempre bom poder saber o que o “outro” pensa, principalmente se este assunto vem pautado de veracidade e coerência.

Temos nos empenhado em esclarecer certo assunto que tem causado polêmica justamente porque envolve cifras, dinheiro, e pagamento de cachês.

É bom que se reitere que a UPA, inaugurada pela administração anterior, foi (já dissemos tantas vezes que estamos ficando repetitivos e cansativos) entregue sem nenhuma condição de uso. Para fazê-la funcionar, como manda os parâmetros da Saúde, vai ser preciso gastar mais dinheiro dos cofres públicos.

Agora, o que tem a ver a UPA com a Festa do Peão?

Absolutamente nada!

Mesmo porque essa Festa está sendo gerenciada por uma comissão INDEPENDENTE, que nada tem em comum com o dinheiro público ou com a prefeitura.

Os cachês dos shows e artistas (que cada hora aparece na rede social com um valor) estão sendo administrados por esta comissão que tem como fonte os patrocínios, os ingressos vendidos e a venda dos camarotes. É com este dinheiro que estão comprando os shows da nossa festa!

Mas, existem duas espécies de críticos do evento: os que querem causar, pedindo e criticando o valor dos contratos e questionando porque não se auxilia a UPA ao invés de pagar os cantores; e há os desinformados (que estão mais para maldosos) que não aceitam as explicações de que festa do Peão NADA tem em comum com o governo municipal.

Eles querem criticar apenas por criticar. Não acrescentam absolutamente nada, mas querem aparecer. Sabe aquela história da melancia no pescoço? Então… Ficaria até mais bonito e coerente.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente