Peculato

Editorial
Guaíra, 9 de março de 2016 - 09h28

Entende-se por “peculato” o desvio de dinheiro ou bem público por um funcionário. Assim, pesa sobre o ex-presidente, mais este crime.

A defesa de Lula havia informado à Justiça que todo o acervo do ex-presidente estava armazenado no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia. A coleção de presentes recebidos por Luiz Inácio Lula da Silva durante seus dois mandatos foi transportada de Brasília para São Paulo no final do seu governo.

Nas últimas semanas, porém, a PF descobriu que parte importante do acervo estava em oito guarda-volumes que foram pagos pela construtora OAS, ao custo de 1,3 milhão de reais, ao longo de cinco anos. Durante as operações de busca e apreensão realizadas ontem, constatou-se que, de fato, o acervo não estava no sítio.

Chamou a atenção do delegado Ivan Ziolkowski um Cristo crucificado em madeira – Barroco – possivelmente feito por Aleijadinho, além do fato de que alguns dos itens constam nos registros do acervo da Presidência da República.

Peritos encontraram ainda três telas que ele dizia ser presente dos governantes de outro países.

A perícia constatou que encontraram os lacres indicando serem estas telas pertencentes ao patrimônio público. São telas de pintores famosos, inclusive a gravura de Van Gogh, avaliada em 7 milhões de dólares pertencentes ao acervo da granja do Torto. No entanto, o Instituo Lula insiste em informar que estas telas foram embaladas por engano pela empresa contratada para fazer a mudança.

Há também o faqueiro presenteado para o presidente Costa e Silva, em 1968, pela rainha da Inglaterra, Elisabete II, que foi encontrado no Banco do Brasil pela Polícia federal, em um cofre, já que o faqueiro é de ouro, em nome de Marisa Letícia, esposa de Lula, que, segundo os advogados, estava sendo “guardado” para a conservação do patrimônio de nação.

Por aqui também tivemos – na Prefeitura – um crime de peculato quando uma quantia em dinheiro foi supostamente desviada dos cofres públicos. Até agora, nada se sabe sobre este acontecimento.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente