Pobre Rio de Janeiro

Editorial
Guaíra, 29 de janeiro de 2017 - 11h41

Na verdade, seria “pobre Brasil” porque não foi somente a “Cidade Maravilhosa” que foi saqueada pela quadrilha formada por políticos e afins sem caráter e assassinos.

São assassinos na medida em que a cada mansão comprada na praia, a cada joia dada para a esposa, a cada viagem a Paris, a cada garrafa de vinho caríssimo que Cabral e sua corja pagavam com o dinheiro público desviado, uma ou mais pessoas morriam nas filas e nos hospitais por falta de remédios, infraestrutura e médicos.

Não se trata de ironia do destino, mas de uma coincidência dramática: enquanto a Polícia Federal procurava Eike Batista por mais um esquema criminoso com o ex-governador Sérgio Cabral, o atual governador Luiz Fernando Pezão assinava em Brasília os termos do socorro federal para o falido Rio, onde funcionários estão sem salários e cidadãos e empresas serão chamados a contribuir com mais impostos. Cabral rouba, o Tesouro cobre e, no fim das contas, os contribuintes pagam a conta.

A força-tarefa da operação “Eficiência” definiu o patrimônio ilícito de Cabral como um “oceano”, mas o Estado virou um mar de lama, os fluminenses vivem num mar de lágrimas e, se há alguma ironia nessa história, é que justamente o vice de Cabral, depois seu sucessor, é quem bate de porta em porta em Brasília para segurar a onda em que o Rio se afoga.

As metáforas não são por acaso, já que o verdadeiro Cabral começou a emergir na mídia quando ele se tornou proprietário de uma casa de praia espetacular em Mangaratiba (RJ). Depois, como governador, desfrutava de lanchas caríssimas, vinhos próprios de milionários, jatinhos de empresários e festanças com guardanapos na cabeça em Paris. Tudo com dinheiro alheio, fruto do suor da sociedade.

Tudo muito desanimador, pobre de nós que temos por aí ainda vários exemplos, sejam eles chamados de Cabral, de Eike ou de Darci Vera.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente