Vitória da população!

Editorial
Guaíra, 2 de abril de 2016 - 09h38

A impressão que se tem é que estes novos Magistrados, Juízes, Promotores que estão à frente dos processos que chegam até eles, seja “por aqui” como também “por lá”, não estão para brincadeira, não!

A representação movida pelos vereadores Ana Beatriz Coscrato Junqueira e José Natal Pereira, ao lado dos ex-vice-prefeito Edvaldo Donizete de Morais, contra os dois reajustes abusivos na tarifa de água praticada pelo Departamento de Esgoto e Água de Guaíra, só nos demonstra que nós devemos sempre acreditar na Justiça e também em homens e mulheres de bem, que colocam o interesse coletivo acima dos individuais.

Por meio de uma Ação Civil Pública com pedido de liminar movida pelo Ministério Público, a Juíza de Direito da Comarca de Guaíra, Dra. Renata C. N. Andrade, resolveu suspender os dois reajustes, demonstrando claramente que a autarquia penalizou os cidadãos.

Foi uma vitória não só daqueles que não se conformaram com os reajustes abusivos da autarquia, mas principalmente da população, contra uma decisão do atual prefeito que neste caso, passou de longe de ser o “pai dos pobres”, pois penalizou principalmente a classe menos favorecida.

O caso do DEAGUA, que está explicadíssimo na página três do nosso jornal, é típico de que deveria haver um ressarcimento das taxas que foram recolhidas – nos últimos anos – e que foram cobradas indevidamente.

Quando foi anunciado o aumento na tarifa de água e esgoto, a gritaria foi geral! Aliás, na atual conjuntura, qualquer aumento nas despesas fixas de uma casa não é bem-vinda porque, a bem da verdade não há mais espaço nos cintos para apertá-lo. Mesmo sabendo que o aumento não seria de bom grado, o guairense foi pagando a sua água, a duras penas.

A possibilidade da devolução dos valores cobrados indevidamente é um desejo que não está expresso na liminar, é apenas a expressão da vontade que está calcada no sentimento de justiça que todos aprenderam a apreciar com a divulgação dos últimos acontecimentos envolvendo os novos magistrados do Brasil.

O que nos resta agora é apenas esperar os desdobramentos de mais esta ação contra a administração do atual prefeito. O certo é que, nós simples mortais, que não fazemos parte do círculo de amizades do casal real, devemos sim comemorar, porque a Justiça está ao lado do povo, corrigindo injustiças e evitando que governantes penalizem o cidadão em favor de seus planos de governo.

A frase, a “Justiça é cega caiu por terra”. Neste caso, estava de olhos bem abertos. Bom para o povo, ruim para aqueles que governam contra o povo.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente