Educação municipal inicia processo de climatização nas salas de aula

Os aparelhos entrarão em funcionamento em fevereiro do próximo ano, na retomada do ano letivo, uma vez que a rede elétrica atual não suporta a demanda de energia exigida

Geral
Guaíra, 14 de novembro de 2019 - 14h46


A diretoria de Educação, Cultura e Esportes deu início à climatização de todas as creches, pré-escolas e escolas da Rede Municipal de Ensino. A administração adquiriu 370 aparelhos de ar condicionado, que já estão sendo instalados nas unidades escolares. Todas as instalações devem ser finalizadas em janeiro de 2020.

Nesta terça-feira, dia 12, o prefeito José Eduardo e o vice-prefeito e diretor de Educação, Renato Moreira, acompanharam a instalação dos equipamentos na EMEF ”Vicencina Vacaro Morsoleto”. Ao todo, serão beneficiados os mais de 4 mil alunos, além dos professores e servidores das unidades escolares.

José Eduardo fez questão de frisar a importância da gestão de Renato frente à pasta da educação, que propiciou esta importante conquista. ”Através do trabalho do Renato como diretor de educação, com sua gestão competente, conseguimos adquirir estes aparelhos de ar condicionado que irão atender aos nossos estudantes e também aos funcionários das unidades de ensino do município. Com a climatização, haverá maior qualidade no aprendizado dos alunos e também no desempenho dos profissionais da educação, que terão um ambiente agradável para ministrar suas aulas e atividades educacionais”, disse.

Moreira falou do trabalho desenvolvido para atender esta antiga reivindicação da comunidade guairense. ”Hoje, ar condicionado não é luxo, é necessidade. As temperaturas estão muito elevadas e as crianças ficam desconfortáveis dentro das salas de aula. A partir de agora, o ambiente estará agradável e, com certeza, o rendimento escolar será muito maior”, afirmou.

A administração municipal esclarece que os aparelhos entrarão em funcionamento em fevereiro do próximo ano, na retomada do ano letivo, uma vez que a rede elétrica atual não suporta a demanda de energia exigida pelos equipamentos. ”Já solicitamos à CPFL a mudança no padrão de energia das unidades escolares do município para que todos esses equipamentos possam ser ligados. Agora, estamos no aguardo da companhia, mas estamos satisfeitos de que em fevereiro nossos alunos e servidores poderão usufruir mais este benefício proporcionado por nossa gestão”, finalizou Renato.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente