Enem 2020: Uso da máscara será obrigatório durante toda a prova

Candidato que estiver sem proteção no rosto será eliminado, segundo edital do exame. Provas serão dias 17 e 24 de janeiro de 2021

Geral
Guaíra, 18 de agosto de 2020 - 08h43

Os candidatos que forem fazer o Enem 2020 terão de usar máscaras de proteção durante todo o período de realização da prova, segundo edital do Exame Nacional do Ensino Médio. Se não estiver de máscara, o candidato será eliminado.

As provas do Enem impresso serão realizadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. O Enem digital será dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. Ao todo, 5,7 milhões de candidatos estão inscritos.

De acordo com o edital, “é proibida a entrada do participante no local de prova após o fechamento dos portões e sem a máscara de proteção à Covid-19”.

O acesso à sala de provas será permitido com a apresentação de documento de identificação com foto e válido, utilizando a máscara de proteção à Covid-19, e dentro do horário estabelecido.

Durante a identificação do participante, será necessária a retirada da máscara de proteção à covid-19, sem tocar sua parte frontal, prosseguida da higienização das mãos com álcool em gel próprio ou fornecido pelo aplicador, antes de entrar na sala de provas.

O participante não poderá permanecer no local de aplicação das provas, assim entendido como as dependências físicas onde será realizado o Exame, sem documento de identificação válido e sem a máscara de proteção à covid-19.

A máscara deve cobrir totalmente o nariz e a boca do participante, desde a sua entrada até sua saída do local de provas. Será permitido que o participante leve máscara reserva para troca durante a aplicação.

O descarte da máscara de proteção à covid-19, durante a aplicação do Exame, deve ser feito pelo participante de forma segura nas lixeiras do local de provas.

Para os casos previstos na Lei nº 14.019 será dispensado o uso da máscara para pessoas com autismo, deficiência intelectual, deficiências sensoriais ou com quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado de máscara.

 

Calendário

Por conta do isolamento social para o combate da pandemia do novo coronavírus, o calendário do Enem sofreu alterações. O exame estava previsto para ser aplicado em novembro.

O MEC (Ministério da Educação) chegou a realizar uma enquete com os estudantes inscritos para saber qual a melhor data. Os estudantes escolheram realizar as provas no mês de mais, no entanto, o ministério definiu que o exame será realizado em janeiro para que o primeiro semestre do ano não seja perdido.

A nota do Enem é fundamental para a participação em programas educacionais de ensino superior, como, por exemplo, o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e o Prouni (Programa Universidade Para Todos). A classificação também é utilizada para o ingresso em instituições privadas de ensino superior.

 

Enem impresso: 17 e 24 de janeiro
Enem digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro
Resultados: a partir de 29 de março

 

 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente