Guaíra ainda não apresenta resultados de 12 casos de H1N1 e 16 de zika vírus

Geral
Guaíra, 7 de junho de 2016 - 08h09

Há casos que aguardam confirmação desde fevereiro deste ano. Enquanto isso, dados de chikungunya resultam em um confirmado e nove descartados

 

Dados fornecidos pela Vigilância em Saúde do município apontam que os exames para a confirmação de H1N1 e zika vírus não ficaram prontos até o momento. Guaíra ainda está com 16 casos suspeitos de zika e 12 de influenza.

Em contrapartida, os dados de chikungunya resultaram em um positivo e nove descartados dos 10 suspeitos, que foram enviados para análise.

Ao questionar o diretor de Vigilância sobre este atraso no resultado dos exames, Maurício Alves declarou que não depende do departamento e sim do laboratório, que realiza este tipo de análise em outra cidade.

Ainda em fevereiro, a Direção Regional de Saúde já estava com quatro casos suspeitos de Zika e cinco de chikungunya.

Geralmente estes testes demoram até 30 dias para mostrarem seus efeitos. De acordo com especialistas, há dois tipos de exames de sorologia: o qualitativo, que identifica a presença do vírus no corpo; e o quantitativo, que revela a carga viral (quantidade). Esses testes são solicitados quando o paciente passou do período inicial ou de manifestação de sintomas da doença. Basicamente, o objetivo é saber se a pessoa já foi infectada.

No Brasil, o diagnóstico da zika é feito principalmente por meio de uma avaliação clínica. Quando um médico suspeita da infecção, ele costuma pedir o chamado exame PCR (reação em cadeia de polimerase), que identifica a presença do vírus no sangue ou na urina. A diferença do exame PCR para o de sorologia é que o primeiro só consegue fazer o diagnóstico até o quinto dia de infecção.

Já os exames para detecção de H1N1 recolhidos em toda a rede pública do Estado são enviados para o Instituto Adolfo Lutz, que está recebendo uma demanda muito grande nos últimos meses.

 

DENGUE

Segundo dados da Vigilância em Saúde, Guaíra registrou apenas 8 casos positivos de dengue neste último mês de maio, contra 110 confirmados em abril e 348 em março.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente