Sex - 18/01
33º 20º 04:45
Guaíra - SP

Moradores do bairro Guaritá pedem socorro e não recebem resposta da prefeitura

Geral
Guaíra, 15 de outubro de 2016 - 08h00

Segundo relatos de residentes do São José do Albertópolis, como o veículo que os transporta a Guaíra está quebrado desde o dia 05 de outubro, não há como trabalhar, comparecer às consultas ou até mesmo fazer compras

materia 1

Na tarde desta quinta-feira (13), moradores do bairro São José do Albertópolis entraram em contato com a redação do Jornal O Guaíra e, literalmente, pediram por socorro. Como estão sem transporte para o município de Guaíra desde o dia 05 de outubro, não sabem o que fazer para se deslocarem até a cidade.

De acordo com a presidente do Bairro, a reclamação já foi protocolada na Ouvidoria do governo municipal, inclusive tentaram entrar em contato com a chefe de gabinete do prefeito Sérgio de Mello por diversas vezes. “Não tivemos nenhuma resposta”, declarou.

Segundo relatos de residentes do Guaritá, sem o transporte não há como trabalhar, comparecer às consultas ou até mesmo fazer compras. “Não sabemos mais o que fazer ou a quem recorrer. Estamos com a dispensa vazia e não podemos ir até o mercado em Guaíra. Quem tem consultas neste mês está perdendo, o que será muito difícil remarcar depois. E quem trabalha, corre o risco de perder o emprego porque não tem como chegar à cidade”, desabafou um dos munícipes.

O bairro depende de um veículo da prefeitura para manter contato com o município, já que são mais de vinte quilômetros de distância. Como o ônibus quebrou há pouco tempo, o governo não enviou nenhum substituto para os cidadãos. “Se tivéssemos carros não estaríamos implorando para que o governo nos desse alguma atenção. Mas são poucos os que tem e nem sempre podem dar carona para todos os que precisam”, relata.

“Se não fosse pelos vereadores Moretti e Natal não saberíamos como estaria o bairro atualmente. São eles que nos visitam e tentam buscar o apoio que precisamos”, completa o morador.

Há ainda uma paciente do Hospital de Câncer de Barretos que está perdendo a oportunidade de conseguir agendar sua viagem até a cidade vizinha, pois não consegue chegar em Guaíra. “A menina ficou, desde às 7h, no ponto de ônibus esperando que alguém lhe desse carona, mas, até às 11h ninguém havia passado”, conta.

Os moradores questionam a prefeitura para enviar um transporte, já que cedeu ônibus até para a Festa da Capela Santa Luzia. “Se eles cederam veículo da secretaria de educação, não podem nos oferecer um enquanto o nosso transporte está no conserto?”, questiona.

Em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura, foi informado que “os setores competentes (Saúde e Transportes) já foram comunicados sobre as reclamações e que infelizmente o veículo que faz transporte está com problemas e se encontra em manutenção, sendo assim tão logo o mesmo seja sanado será colocado em atividades.”

AMBULÂNCIA – Nesta semana, o Jornal O Guaíra divulgou a visita do vereador José Natal Pereira ao bairro São José do Albertópolis, que ouviu os residentes sobre o problema do transporte e da falta de ambulância após às 18h.

Na noite da última quarta-feira, um homem sofreu acidente de bicicleta e precisou utilizar um carro, emprestado por um vizinho, para se deslocar até o Pronto Socorro de Guaíra, já que o motorista da ambulância não estava mais a serviço, pois não está recebendo hora extra da prefeitura para os plantões após às 18h.

De acordo com nota enviada pelo governo municipal, o problema da ambulância “será repassado ao prefeito Sérgio de Mello que se encontra em viagem, mas que medidas serão tomadas para sanar o problema.”

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos