Moradores do Guaritá estão sem ambulância para transportá-los à cidade

Geral
Guaíra, 19 de agosto de 2016 - 10h54

Os residentes do bairro precisam ligar em Guaíra para que um carro se desloque do município até São José do Albertópolis para atender emergências. Vereador Moretti cobrou providências do atual governo

materia 1 moreti

O descaso com os moradores do bairro São José do Albertópolis continua. Além de todos os problemas enfrentados, agora eles estão sem ambulância para atendê-los em caso de emergência.

O veículo, que há poucos meses foi totalmente reformado, chegou a ficar quase um mês parado em frente à praça da região, esperando por manutenção. O carro, que estava substituindo o serviço da ambulância, também quebrou e aguardou mais de uma semana para que a prefeitura fosse retirá-lo da rua.

Os residentes já não sabem a quem recorrer. “Estamos desanimados. Enquanto não acabar este mandato não temos esperanças de que nossa situação irá melhorar. Já tentamos procurar a prefeitura através do chefe do transportes, da Ouvidoria e até conversamos pessoalmente com o prefeito Sérgio de Mello. Porém, infelizmente, nada foi feito. Estamos abandonados”, lamenta um morador. “Pra quem mais iremos pedir socorro?”, questiona.

Agora, caso ocorra alguma emergência com alguém do Guaritá, é necessário ligar para Guaíra para que uma ambulância se desloque do município até o bairro.“Quando alguém passa mal, precisamos ligar para a cidade e só depois de quase 40 minutos que o carro chega aqui”, relata uma munícipe.

O vereador José Reginaldo Moretti questionou o governo sobre a situação, durante a última sessão da Câmara, desta terça-feira (16). “Gostaria de falar um pouquinho sobre a visita que fiz no Guaritá na semana passada. A ambulância foi reformada, mas me disseram, na semana em que eu estive lá, que ela foi arrastada para a cidade de novo porque estava quebrada, sendo que reformaram toda essa ambulância. Falei com a secretária da educação e ela disse que estava em manutenção, que talvez essa semana regulariza e a ambulância volta para o bairro”, destaca,

Moretti também ressaltou o atraso no pagamento para o motorista do Guaritá. “Havia um carro lá para atender a população. O encarregado, o motorista da ambulância, não estava recebendo hora extra. Como ele fica lá, mora no bairro, a ambulância ficava à disposição, mas ele não estava atendendo além do horário porque não estava recebendo para isso. Por causa disso, agora eles precisam ligar aqui na cidade e pedir uma ambulância para ir buscar alguma pessoa adoentada”, denunciou.

Para o parlamentar, a prefeitura precisa tomar providências. “Vou pedir à administração, à secretária da saúde, para que isso não aconteça, porque é uma vergonha ter uma carro lá e a prefeitura não pagar esse motorista para atender uma emergência.”

 

BURACOS

São José do Albertópolis também enfrenta dificuldades para tentar amenizar os buracos em suas vias.

Segundo moradores, a atual gestão não fez o serviço completo. “A estrada entre Guaíra e Guaritá está péssima, mas, pior que isso está a nossa rua central. A prefeitura enviou um ônibus cheio de homens que taparam somente cinco buracos”, explica o munícipe, mostrando que a operação foi realizada apenas no início da avenida.

“Só esperamos que ninguém, que não vá cumprir com o prometido venha pedir nosso voto. Estamos cansados de receber visitas dos governantes apenas em campanha eleitoral”, desabafou.

O vereador Moretti cobrou mais ação do governo. “Levaram um pouquinho de massa e tamparam os buraquinhos da entrada. O restante ficou. Sai um veículo de Guaíra pra ir lá no Guaritá levar uma merreca de massa asfáltica, tampa metade dos buracos e o restante fica lá. Isso é custo para a prefeitura, isso se chama má administração!”, reclamou.

 

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente