Cinco dicas essenciais para se proteger de roubos e assaltos

Opinião
Guaíra, 4 de outubro de 2019 - 18h00

Em qualquer lugar, segurança pública é (ou deveria ser) um assunto de preocupação constante. Afinal, todos os dias pipocam nas mais diversas mídias casos de roubos, assaltos, sequestros e até mesmo tiroteios em massa. Com isso, estamos cada vez mais preocupados em nos proteger e proteger as pessoas que nos cercam de casos similares. Mas como fazer isso da maneira certa e segura?

Com tantos perigos à nossa volta, vindos às vezes dos lugares mais inesperados possíveis, a preocupação com a segurança tem crescido exponencialmente. Na tentativa de evitar casos de furtos e assaltos, não falta quem encontre alternativas para driblar o perigo do dia a dia. Mas nem todas essas ”técnicas” são tão eficazes na hora de se proteger. Outras, porém, podem te salvar em inúmeras ocasiões.

E para ajudar você a saber como se proteger melhor, separamos as cinco dicas a seguir para evitar roubos e assaltos, quando possível. Mas lembre-se que nem sempre elas são eficazes. Se um assalto ocorrer, é sempre melhor nunca reagir.

 

1 | Evite celular na rua

Sabemos que essa dica pode parecer óbvia para muita gente, mas é surpreendente a quantidade de pessoas que ainda se arriscam diariamente com celular em mãos nas ruas. Mas não importa se for só para uma olhadinha rápida: Seu celular é um alvo fácil e qualquer pessoa próxima pode se aproveitar disso. Portanto, evite usar o aparelho em público quando não for realmente necessário para protegê-lo melhor.

 

2 | Fique atento ao redor

Muitas vezes, achamos que estamos seguros quando estamos em meio a muitas pessoas, mesmo que sejam completas desconhecidas. Isso, porém, pode facilitar o trabalho de alguém que deseja usar sua falsa confiança para abaixar a guarda e agir facilmente. O ideal, então, é manter-se atento com seu pertences o tempo todo, em qualquer lugar, e manter distância de pessoas com comportamento suspeito.

 

3 | Sem objeto chamativo

Não é mistério algum que carregar objetos grandes, ou apenas um grande volume de coisas, chama atenção das pessoas ao redor de nós, seja aonde for. No entanto, pessoas mal-intencionadas podem achar que você está carregando algum objeto de valor e se aproveitar da situação. Daí a necessidade de, sempre que for possível, procurar evitar andar na rua com uma grande quantidade de coisas chamativas.

 

4 | Evite lugares isolados

Seja em cidades grandes e cheias de vida ou lugares menores, com poucos habitantes, o que não falta é locais isolados, principalmente durante a noite. E esses lugares acabam se tornando refúgios ideais para quem deseja espreitar quem passa e analisar possíveis oportunidades de assaltos. É importante, então, evitar lugares muitos isolados ou escuros, além de ser recomendável nunca voltar sozinho.

 

5 | No transporte público

Não é só na rua que estamos sujeitos a furtos e assaltos. Infelizmente, nem mesmo o transporte público é um lugar seguro de pessoas que desejam se apossar de objetos alheios. Quando este for o caso, é importante não se distrair com os pertences, principalmente quando estiverem em mochilas ou bolsas. Ao final da viagem, é bom também checar se está tudo no lugar antes de descer no veículo.


TAGS:

Jornal O Guaíra

Ver mais publicações >

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos