A limitação do ser humano

Opinião
Guaíra, 20 de julho de 2017 - 10h10

Muitas pessoas acham que estarão nesta vida eternamente, se esquecendo da morte, das adversidades que podem surgir, ficando assim arrogantes e dispersas.

Primeiro passo para a pessoa ver que ela não é melhor do que ninguém é analisar tudo que está em sua volta, seja a natureza, o céu sem colunas que o sustente, o sol, a lua, as estrelas, os animais, enfim, o universo como um todo em harmonia, contribuindo para o bem estar de todos os seres.

Segundo é analisar que o ser humano foi a melhor criatura que Deus aperfeiçoou, pois dotou cada um de raciocínio, inteligência para poder ser grato a todo esse universo concedido.

Assim é relatado no alcorão: “Com efeito criamos o ser Humano na mais bela forma.” (95:4).

Ocorre que esse mesmo ser humano que tem tantas dádivas concedidas a ele, acaba se esquecendo, tornando-se ingrato, não reconhecendo nada que está a sua volta e quando consegue algo acha que aquilo vem apenas do seu esforço.

No alcorão, Deus diz para sermos agradecidos, seja por nossa saúde, família, filhos, trabalho, sustento, onde assim diz: Recordai-vos de Mim, que Eu Me recordarei de vós. Agradecei-Me e não Me sejais ingratos” (Alcorão 2:152).

Porém muitos não dão valor no que possuem, tornando-se pessoas duras, sem compaixão, egoístas, vivendo uma vida de ilusões e sem qualquer tranquilidade. A esse respeito assim é dito no alcorão: “De seguida rebaixámo-lo para os mais baixos degraus.” (95:05).

Do mesmo modo que Deus nos Criou na melhor forma e imagem, neste versículo, Ele mostra que com o passar do tempo, o ser humano irá envelhecer, ficando fraco, sem a produtividade e disposição que possuía antes.

Assim, tudo aquilo que ele achava que era ele o responsável por ter, irá ver que foi passageiro, que não tinha força ou poder algum, onde aquela arrogância de nada valeu, pois todos os bens, propriedades, posição social, riquezas, etc., não farão ele voltar à sua juventude e muito menos nada levará consigo junto aos túmulos.

Esse é o ser humano, nasce fraco, cria força e com o tempo volta como nasceu, limitado e dependendo dos outros que estão a sua volta, onde de nada valeu sua vida, exceto para aqueles que eram agradecidos por tudo que tinham, sabendo que nada seria possível sem Deus e que a única coisa que iremos levar conosco são as boas ações realizadas.


TAGS:

Girrad Mahmoud Sammour

Girrad Mahmoud Sammour, Advogado, Pós Graduado em Processo Civil, Professor Divulgador Do Instituto Latino Americano De Estudos Islamicos-Ilaei, Diretor Da Mesquita De Barretos-Sp. Dúvidas e palestras  [email protected]

Ver mais publicações >

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente