O pior tipo de Chico é o Dinossauro

Opinião
Guaíra, 1 de maio de 2016 - 08h05

Em matéria publicada no dia 29 de abril de 2016, o Sr. Aloizio Lelis Santana tenta macular, de forma indireta, minha imagem, não possuindo nem mesmo a coragem de citar meu nome. Mas alerto os leitores, já começo o texto citando o nome do ex-prefeito e vice-prefeito (em 2005 do Sr. Sérgio de Mello), pois não me escondo, e quero fazer um debate aberto sobre a questão das falhas graves que Aloizio deixou para nossa cidade em seu mandato já pré-histórico.

O ex-prefeito é um verdadeiro dinossauro da política, pois nem mesmo sabe o procedimento para a obtenção de casas junto ao Estado. Por questões de saneamento básico, que ainda não foram resolvidas, muitos empreendimentos habitacionais se tornaram inviáveis para o município, mas o projeto e as moradias foram efetivamente obtidos por nós, junto ao  Estado, o que a atual administração nunca obteve.

Nunca fui Prefeito de Guaíra, mas o grupo de qual faço parte tem o legado dos grandes Prefeitos: Dr. Orlando, Minininho Pugliesi, José Carlos Augusto e Dr. Fábio Talarico, que junto com o ex-prefeito Claudio Armani construíram TODOS os conjuntos habitacionais de Guaíra, exceto a CECAP, que foi obra do Dinossauro. Falando em CECAP, esse bairro sofreu muitos anos com péssimas obras de infraestrutura, lidando com ruas estreitas e sem saída, isolando seus moradores do restante da cidade.  E vejam que esse dinossauro diz ser um grande gestor.

Mas vamos falar de outros problemas graves, que se tornaram verdadeiras cicatrizes na nossa querida Guaíra. 1- Em 1983 deixou o Parque de Exposições da cidade com a desapropriação de sua área, mas não pagou a conta deixando para o seu sucessor, Dr. Fábio Talarico, arcar com tal valor; 2- Deixou ainda uma frota sucateada, ruas esburacadas e a cidade abandonada, conforme arquivos e fotos da época; 3- Desapropriou a área da APAE, e não documentou NADA, sendo que quem regularizou a questão foi o Prefeito José Carlos Augusto (2012); 4- Ampliação do Centro da cidade, sem um sistema de drenagem de águas, gerando um dos maiores problemas atuais da cidade; 5- Doação da Algodoeira Palmeirense, sem clausula de reversão, desobedecendo a Lei vigente na época,  e perdendo um patrimônio do município, que vale hoje mais de R$ 7.000.000,00; 6- Loteamento Campos Elíseos com ruas de apenas 6 metros, para aumentar a quantidade de lotes de seu empreendimento, prejudicando todos os moradores do bairro. Isso é progresso? O ex-prefeito fala de promessas, mas ele mesmo quando teve a oportunidade de administrar deixou vários problemas para seus sucessores, além de que, na a referida gestão, o povo sofria, sem assistência social, transporte de universitários, transporte de alunos da zona rural, bolsas de estudos e farmácia municipal, ou seja, não era um governo do pobre, e sim do rico.

Mas não acaba aqui. O dinossauro foi ainda vice-prefeito do Senhor Sérgio de Mello (2005-2008), assim como eu fui vice-prefeito do Sr. José Carlos, de que muito me orgulho. Mas aqui existe uma diferença muito grande, enquanto eu participei ativamente da administração, trazendo milhões em recursos, o Dinossauro se escondeu do povo em sua toca durante os quatro anos da administração da qual participou, não cumprindo nenhum item de seu plano de governo, apoiando ainda o Sr. Sérgio de Mello na eleição de 2012. Então meus caros, quem na verdade esta iludindo a população? Quem é responsável por esses problemas que nos atingem hoje diariamente? O Sr. Aloizio Lelis Santana tem muita parcela de culpa nisso, juntamente com o Prefeito Sérgio de Mello.

Hoje a conversa não é diferente, o Dinossauro tenta trazer de Brasília uma outra pessoa que não conhece os problemas de Guaíra, do mesmo modo que trouxe o Prefeito Sérgio de Mello, e quer vender novamente essa ideia para você guairense. Temos que tomar muito cuidado com isso, pois esse pré-candidato já chegou falando que Guaíra, nos últimos 16 anos, não evoluiu. Ora, que falta de respeito e conhecimento, uma pessoa que nem mesmo morou aqui durante esse período, vem agora tentar manchar a imagem do saudoso Dr. Orlando (2001-2003), que muito fez pela cidade e não está aqui para se defender.

Por isso, nunca enganei a população de Guaíra, ao contrário, participo de um grupo que criou essa cidade, ao contrário do Dinossauro, que se enfia em sua caverna e fica atirando pedrinhas por meio de artigos em jornal. Participar da política requer ação, fazendo o bem pelas pessoas, e não se afastando delas com arrogância, pensando somente na população abastada e bem sucedida.

Obrigado Guaíra


TAGS:

Edvaldo Morais

Por Edvaldo Morais, ex-prefeito de Guaíra

Ver mais publicações >

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente