Prefeitura contrata empresa por meio milhão de reais para ampliar creche Nilce Fugio Akashi

Geral
Guaíra, 30 de junho de 2016 - 08h05

Dois especialistas do setor consideraram alto o preço da obra e estimaram o valor máximo de R$ 900 o metro quadrado para construção de salas de aula

Conforme publicação do Diário Oficial Eletrônico do Município desta terça-feira (28), a prefeitura contratou a empresa Idamar Cristino da Silva ME para ampliar e adequar a CEI Nilce Fugio Akashi, pelo valor de R$ 506.537,56, desde aquisição de serviços de mão-de-obra e fornecimento de materiais.

O local foi inaugurado em 2011. De acordo com levantamento realizado no Portal da Transparência, a construção da creche custou R$ 183.110,20, conforme empenho encontrado em 2010.

O preço de meio milhão de reais chamou a atenção pois serão 59,21 mts²  de reforma do lactário e 304,68 mts² de ampliação/construção para três cômodos, sendo: sala de pré-escola (109,28 mts²); berçário (61,11) e refeitório (134,29). A obra do espaço educacional, localizada no bairro Joaquim Pereira Lelis, está estimada em oito meses.

A reportagem do jornal O Guaíra entrou em contato com dois especialistas na área, que estimaram o valor máximo de uma construção de salas de aula em até R$ 900 o metro quadrado. Ambos consideraram alto o preço da obra.

A prefeitura também contratou a empresa Mundial Engenharia Santa Fé Ltda por três meses, no valor de R$ 210.300,99 para apenas reformar a CEI Waldemar Chubaci, no Bairro Aniceto, inclusos pintura, hidráulica e elétrica. Esta mesma firma realizará reforma na CEMEI EunisseEsperancini, Ramize Elias, Quadra Vera Vitali (pintura, hidráulica e elétrica) com fornecimento de materiais e mão-de -obra, por R$ 83.399,44.

A Andi Construtora de Guaíra Eireli Me também foi contratada para reformar o Ginásio Poliesportivo Ramize Elias, por seis meses, mas o valor não foi publicado no Diário Oficial do Município.

Em contato com o governo, a assessoria de comunicação informou que: “quanto ao valor, destacamos que o processo de contratação foi feito via licitação, sendo contratada a empresa de menor valor apresentado seguindo todo procedimento legal.”

De acordo com a prefeitura, as reformas e ampliações são necessárias pois, a falta de vagas é um grande problema que o município vem enfrentando. “Inclusive, o Conselho Tutelar apresentou para a Secretaria de Educação do Município a demanda de novas vagas, situação que os conselheiros detectaram no atendimento diário do órgão.” Atualmente, o setor de educação está atendendo mais de 85% da demanda por creches.

A respeito da nova creche do Jardim Eliza, convênio do Governo Estadual estimado em mais de um milhão de reais, a prefeitura informou que a construção está “praticamente pronta e será a primeira unidade escolar na região do bairro Jardim Eliza.”



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente