Prefeitura desperdiça mais de 15 mil litros de água diariamente com lago da Praça São Sebastião

Geral
Guaíra, 12 de fevereiro de 2016 - 10h36

Pequeno lago da Praça São Sebastião não possui nenhum tipo de tratamento. Para manter oxigênio aos peixes, torneira fica ligada 24h por dia e toda a água é trocada uma vez por semana

Moradores procuraram a redação do jornal O Guaíra para denunciarem o desperdício da prefeitura com a água do pequeno lago japonês, que se encontra na Praça São Sebastião, pois há uma pequena torneira que fica ligada 24h ao dia.

De acordo com um dos denunciantes, eles chegaram a fazer as contas e são mais de 15 mil litros jogados diariamente, sem contar a troca de todo o lago, feita uma vez por semana.

“Faz mais de ano que quebrou um cano que fazia a limpeza desse lago japonês na praça. A prefeitura até agora não fez nada e com isso são desperdiçados mais de 15 mil litros de água por dia. A torneira fica aberta a noite toda, sendo que antigamente essa água era trocada a cada 15 ou 20 dias. Isso é um descaso”, destacou o guairense.

Ao questionar a prefeitura, a chefe do Departamento de Serviços Urbanos, Patrícia Gonçalves, confirmou que há este desperdício, mas ela afirmou que essa é a única maneira de manter a oxigenação na água para os mais de 30 peixes, entre tilápias e carpas, que lá se encontram. “A função do nosso departamento é fazer toda a limpeza do lago e da praça. O certo seria realizar uma obra nesse lago, que está com vazamento e não possui bomba para manter o oxigênio aos peixes”, destaca Patrícia.

“A cada semana fazemos a limpeza de todo o lago, pois se não, acumula muito lodo. Retiramos os peixes, limpamos, enchemos o local com caminhão pipa e os recolocamos. Infelizmente não há como não manter a torneira ligada, já que além do oxigênio, com este vazamento, o lago pode ficar sem água. Mas a mantemos no mínimo”, explica.

Segundo Patrícia, o certo seria evitar o desperdício. “Concordamos que não é certo, mas neste momento não há outra maneira de manter os peixes. Este problema se perdura desde a outra gestão. O certo seria que engenheiros analisassem o local e refizessem este lago”, ressalta.

Porém, para o diretor do setor de Obras, a responsabilidade do local é do departamento de Serviços Urbanos.

“Fazemos o nosso trabalho de limpar os espaços públicos. Mas nos foi repassada a tarefa de manter esse trabalho com o lago da Praça, pois não há outra maneira”, completa Patrícia.

Para os munícipes, isso é um descaso com a população guairense. “O assunto mais falado tem sido o aumento da tarifa de água ao consumidor e enquanto temos que economizar, a prefeitura está jogando essa água ralo abaixo, pois, se arrumasse essa bomba, teríamos uma economia em média de mais de 15 mil litros de água por dia”, completa o denunciante.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente