Quarentena é estendida até 23 de agosto

Região de Barretos continua na fase laranja. Guaíra tem registrado aumento nos casos de Covid-19 e também de óbitos

Região
Guaíra, 11 de agosto de 2020 - 07h39

O governo estadual anunciou na última semana (no dia 07) a décima atualização do Plano São Paulo de enfrentamento ao coronavírus e reabertura gradual e faseada da economia. A quarentena foi prorrogada até o dia 23 de agosto. Nove áreas de DRSs (Departamentos Regionais de Saúde) progrediram de fase e estão agora na etapa amarela, menos restritiva em relação às atividades econômicas e à mobilidade social. São elas: Araçatuba, Bauru, Campinas, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, Sorocaba e Taubaté.

“Estamos passo a passo, com muito cuidado, com muita segurança, sem precipitação, sem politização, vencendo gradualmente o coronavírus no estado de São Paulo”, disse Doria. “Esta é uma ótima notícia para mais de 15 milhões de brasileiros que vivem em São Paulo nestas nove regiões. Mas isto, obviamente, não deve significar nenhum relaxamento contra o coronavírus, nenhum relaxamento com as medidas restritivas de cuidados pessoais. Qualquer descuido pode ser fatal”, completou o Governador.

Porém, outras regiões, como a de Barretos, continuam na fase laranja, com as mesmas restrições de antes. Inclusive, Guaíra tem registrado um crescimento de casos positivos da doença na última semana, terminando no sábado (09), com 453 confirmados, 09 óbitos e 306 curados.

Das 17 áreas de DRSs estabelecidas no Plano São Paulo, apenas Franca e Registro permanecem na etapa vermelha, com restrição total ao atendimento presencial de comércios e serviços não essenciais.

A sub-região Oeste da Grande São Paulo regrediu para a fase laranja, onde permanecem as regiões de Barretos, Presidente Prudente, São José do Rio Preto e sub-região Norte da Grande São Paulo. Esta etapa permite funcionamento com 20% da capacidade de público em escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias. A abertura é restrita a quatro horas diárias, todos os dias, ou seis horas durante quatro dias e fechamento por três.

Em Guaira:


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Região
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente