Vereador responde nota de repúdio e lamenta atual situação Santa Casa

Geral
Guaíra, 23 de agosto de 2016 - 15h43

José Mendonça afirmou que em nenhum momento questionou a atuação dos funcionários, mas sim o trabalho desenvolvido pelo interventor. Para o parlamentar, a falta de pagamento do salário dos médicos é um absurdo

materia 1 capa

Durante a última sessão da Câmara Municipal, realizada no dia 16 de agosto, o vereador José Mendonça (SD) fez uso da Tribuna Vicente Lacativa para responder à Nota de Repúdio divulgada por pessoas responsáveis pela Santa Casa de Misericórdia de Guaíra. O parlamentar disse que, como vereador e detentor de mandato eletivo, tem levado a efeito a sua função de fiscalização, quer seja em relação aos atos do Executivo ou dos interventores do hospital.

De acordo com Mendonça, em nenhum momento ele questionou a atuação dos funcionários da instituição, que sempre tiveram uma dedicação exemplar e desempenham um trabalho inquestionável em suas atividades laborais. “O meu posicionamento sempre foi claro onde afirmo que a administração da Santa Casa, por intermédio exclusivamente do seu interventor, não tem correspondido às finalidades para as quais foram definidas. O que tem chegado ao nosso conhecimento é que a Santa Casa não tem cumprido com suas obrigações, atrasando pagamentos dos médicos e não conseguindo manter o equilíbrio financeiro da instituição”, disse.

O vereador declarou que conhece o hospital, conhece as pessoas que trabalham na instituição e que esteve várias vezes no local, nos últimos meses. Para José Mendonça, o Estatuto da Santa Casa deveria permitir que médicos participassem da administração financeira, para que possam concorrer a uma chapa para tal finalidade.

O parlamentar lamentou a falta de transparência dos interventores da Santa Casa. “Quero informar aos repudiantes que já foram solicitadas informações à Santa Casa de Guaíra pela vereadora Dra. Bia Junqueira, onde a administração da instituição se negou a fornecê-las. Então, dessa forma, chego à conclusão que há necessidade de uma Comissão de Investigação para se verificar a real situação em que a mesma se encontra”, ressaltou. “Se a instituição está sob intervenção da prefeitura municipal, o interventor tem a obrigação de prestar informações à Câmara Municipal, quando solicitadas”, completou.

José Mendonça afirmou que sua crítica foi direcionada ao trabalho do interventor do hospital, que deve assumir toda a responsabilidade pela conduta e administração da Santa Casa, enquanto for interventor. “Sei que os funcionários da Santa Casa, mesmo os que são ligados diretamente à parte administrativa, recebem ordens do interventor e cumprem as mesmas, o que acho pertinente. Se o hospital está tendo problemas para administrar a contratualização feita com a prefeitura, deve esclarecer os motivos, pois tem chegado ao nosso conhecimento que a prefeitura tem repassado os recursos financeiros e os médicos estão com os pagamentos em atraso”, comentou.

Mendonça afirmou que, se os valores repassados pela prefeitura ao hospital não estão sendo suficientes, que a administração da Santa Casa se manifeste sobre os fatos. “Portanto, o interventor deve prestar contas de seus atos e da administração financeira do hospital, esclarecendo ao povo a real situação e dando satisfação aos médicos, que estão sem receber, com atrasos de mais de dois meses. Será que esses médicos vão continuar trabalhando sem receber? São uns heróis. Mesmo sem receberem continuam atendendo a nossa população”, expôs.

O parlamentar encerrou seu pronunciamento afirmando que não tem nada contra as pessoas que assinaram a moção de repúdio e nenhum funcionário da Santa Casa. “Eu respeito todos os funcionários, mas o interventor é o único responsável por tudo que está ocorrendo na instituição”, finalizou José Mendonça.

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente