Covid-19: saiba os cuidados ao receber comida ou encomendas

Além de lavar a mão, pode-se higienizar as embalagens antes de abri-las; o celular também deve ser limpo regularmente

Saúde
Guaíra, 11 de maio de 2020 - 10h00

Com as pessoas seguindo recomendações para ficar em casa para se proteger do novo coronavírus, o aumento dos pedidos de comida e produtos por delivery tem aumentado no município. São roupas, acessórios e calçados por condicional ou venda concretizada, além dos pedidos nas lanchonetes, restaurantes, hamburguerias, etc.

Porém, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre a transmissão do vírus nesses itens entregues em casa. Felizmente, ao que parece, não há muitos riscos – desde que as medidas corretas sejam tomadas.

No caso dos alimentos entregues, não há evidências de que o vírus possa ser transmitido através deles ou de suas embalagens – mesmo assim, a higienização do pacote recebido é recomendada.

Essa preocupação é menor ainda se o alimento for cozido de alguma forma. Se o pedido é de algo frio, como uma salada, por exemplo, pode haver algum risco se a refeição tiver contato com alguém infectado. Mas, se os alimentos são manuseados adequadamente, e seguindo padrões de higiene impostos por órgãos reguladores, deve haver pouca chance de ocorrer algum problema.

A maior preocupação, no entanto, é a transmissão da doença do entregador para o cliente, ou vice-versa, por conta do contato direto realizado no momento da entrega. Uma opção que pode ser usada na entrega é combinar um local para o entregador deixar a comida. Isso é possível graças aos campos de “instrução de entrega”, normalmente disponibilizados por aplicativos desse tipo.

Um artigo, publicado pela revista New England Journal of Medicine, descobriu que o vírus pode sobreviver por até quatro horas em superfícies de cobre, e 24 horas em papelão. No caso de plástico e aço inoxidável, esse tempo é maior e pode ser de até 72 horas. Por esse motivo, tanto em entregas de comida, quanto de itens pelo correio, autoridades de saúde do mundo todo recomendam que as pessoas lavem a mão após manusear os produtos. Além de, obviamente, evitar levar as mãos aos olhos, boca e nariz antes de lavá-las.

Quando pagar a compra, com cartão ou dinheiro, ao retornar para dentro de casa, evite tocar em qualquer coisa até lavar as mãos com sabão neutro.

Por fim, pode-se limpar muito bem o pacote recebido antes de abri-lo e lavar as mãos de forma correta, respeitando a regra dos 20 segundos, depois de descartar a embalagem do produto. (Colaboração: Olhar Digital)


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Saúde
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente