Nem aqui nem na China!

Editorial
Guaíra, 10 de fevereiro de 2020 - 09h38

Os mais velhos hão de se lembrar desta expressão: “Nem aqui, nem na China”, para significar  “de jeito nenhum”.

Hoje, a China é notícia no mundo inteiro! E nem é por causa dos seus produtos vendidos nos quatro cantos do mundo. Desta vez é pior: na cidade de Wuhan, onde vivem também alguns brasileiros, desenvolveu- se o temido vírus que recebeu o nome de “coronavírus” por ter uma aparência de coroa quando é visto no microscópio.

Este vírus provoca uma insuficiência respiratória e pode ser fatal. Espera-se uma epidemia no mundo inteiro.

De acordo com a história da humanidade, várias epidemias já foram registradas. Doenças como a Varíola, a Malária, a Tuberculose, o Tifo Epidêmico, a Poliomielite, a Febre Amarela, Ebola, Dengue, H1N1, Aids, só para citar algumas que assolaram a população mundial em diferentes épocas.

Junto com a epidemia instala-se o pânico. Quem não tem pavor só de pensar em contrair uma dessas doenças?

Mas o pior mesmo são as notícias desencontradas, são os conceitos absurdos vindo de autoridades religiosas, que chegam a propagar que “esta doença é um castigo dos céus”!

Estas autoridades religiosas insistem em divulgar que tudo isso é uma “punição” porque em alguns países socialistas há um a perseguição aos cristãos, Igrejas são destruídas e o respeito do ser humano para com a divindade está decaindo dia a pós dia.

Todo este assunto é um prato cheio para os internautas! Aí, há uma enxurrada de opiniões, cada um querendo expor o seu ponto de vista, e mais, querendo ter razão.

No entanto, o que se sabe é que a China está construindo um Hospital, em tempo recorde e que os supermercados estão racionando alimentos. Não há alimentos para todos que querem estocar, porque pretendem ficar de “quarentena” dentro das suas próprias casas.

Alguns vídeos mostram chineses desfalecendo nas ruas, outros já encontrados sem vida, também em lugares públicos e a China sendo acusada de sonegar informações corretas.

Para nós, pode parecer que todo este caos está longe e que não nos vai atingir! Não é bem assim! Mesmo que os casos suspeitos, no Brasil, ainda não tenham sido confirmados como sendo coronavírus, não é bom baixar a guarda!

O carnaval vem aí, o acúmulo de pessoas é irreversível! Pessoas vindas de todas as partes já compraram passagens para o Rio de Janeiro, Bahia, compraram camarotes e, pelo andar da carruagem, não pretendem abrir mão do projeto de desfrutar das folias de Momo por conta de um vírus.


TAGS:

LEIA TAMBÉM
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos