Governo José Eduardo resolveu problema do transporte universitário, que se arrastava há vários anos

Os estudantes passaram a contratar livremente as empresas que os transportam para suas unidades de ensino

Cidade
Guaíra, 11 de agosto de 2020 - 07h42

A insegurança prosperava em Guaíra quando o assunto era transporte universitário. Estudantes ficando a pé de madrugada nas estradas, ônibus sem documentação e até pegando fogo. Situação que levou à ação da Justiça a investigar contratos anteriores para prestação do serviço na ordem de mais de R$ 20 milhões.

Ao assumir a gestão, o prefeito José Eduardo Lelis, com apoio do vice-prefeito e Secretário da Educação, Renato Cesar Moreira, mudou a forma de fornecer o auxílio transporte para os universitários.

Retirando a interferência de terceiros, a Prefeitura passou a fazer o repasse do auxílio diretamente na conta dos estudantes. Assim, os estudantes passaram a contratar livremente as empresas que os transportam para suas unidades de ensino. Além disso, para pagar o auxílio, a prefeitura exige que o aluno apresente o atestado de frequência escolar bem como o comprovante do pagamento mensal à empresa de transporte. Caso essa documentação não seja apresentada, o fornecimento do auxílio é interrompido.

“A exigência propiciou que os problemas com o transporte universitário em Guaíra praticamente deixassem de existir. Antes da interrupção do ano letivo, em virtude da pandemia de coronavírus, Guaíra atendia cerca de 700 estudantes mensalmente, estando a lista dos beneficiários à disposição para consulta no Diário Oficial do Município”, informa a atual gestão.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente