Guaíra registra 42 casos positivos de dengue Mesmo diante à pandemia de coronavírus, os agentes de endemias continuam visitando as casas e orientando a população para evitar focos do mosquito

Saúde
Guaíra, 4 de maio de 2020 - 22h58

A Vigilância Epidemiológica de Guaíra confirmou nessa segunda-feira (04) que já foram registrados 42 casos positivos de Dengue no município, 202 negativados e 65 suspeitos, que ainda aguardam resultados dos exames. De acordo com o setor, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, os agentes de endemias continuam trabalhando e orientando sobre o controle de vetores e como eliminar os criadouros do Aedes aegypti. “Também pedimos para que as pessoas cuidem mais ainda do quintal durante o isolamento social, uma vez que os trabalhos demostram os criadouros estão em espaços privados e a eliminação desses ainda é a principal medida preventiva de combate ao mosquito transmissor, por isso todos devem ficar atentos”, alerta Maurício Alves da Silva, Chefe da Vigilância em Saúde.  “Nossos Agentes estão trabalhando e é importante que os moradores os recebam e sigam todas as orientações transmitidas por eles”, pontua. ;” É importante fazer essa vistoria na residência e eliminar os possíveis criadouros do mosquito”, adiciona.

Faça a sua parte no combate à dengue

Elimine criadouros do mosquito transmissor da doença: mantenha a caixa e tonéis d’água, bem fechados. Coloque uma tela no ladrão da caixa d’água; Lave semanalmente, por dentro, com escova e sabão, os tanques utilizados para armazenar água; Coloque areia dentro de todos os cacos, que ficam nos muros, e podem acumular água; Remova folhas, galhos e sujeiras que possam impedir a água de correr pelas calhas; Faça sempre a manutenção de piscinas ou fontes com produtos químicos apropriados; Vasos sanitários de uso eventual devem ser tampados e verificados semanalmente; Bandejas de geladeira e ar-condicionado podem acumular água, limpe-as; Mantenha as garrafas com a boca virada para baixo, evitando o acúmulo de água; Elimine os pratinhos dos vasos de plantas, ou preencha-os com areia até a borda; Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana; Coloque o lixo em sacos plásticos, feche-os bem e mantenha a lixeira bem fechada; Pneus devem ser guardados em locais cobertos; Se o ralo não for de abrir e fechar, coloque uma tela fina para impedir o acesso do mosquito à água; Lonas usadas para cobrir objetos ou entulhos devem ser bem esticadas para evitar poças d’água; Lave as bordas dos recipientes que acumulam água com sabão e escova/bucha. Isso vale também para a vasilha de água dos animais; Se encontrar larvas, jogue-as na terra ou no chão seco.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Saúde
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente