Guaíra registra primeira suspeita de morte por dengue

Cidade
Guaíra, 11 de maio de 2022 - 13h39

A prefeitura registrou no final da tarde desta segunda-feira, 09, a primeira suspeita de morte por dengue, que segue junto ao boletim diário dos dados de Aedes aegypti no município.

Segundo a diretoria municipal de saúde, é o primeiro óbito suspeito de 2022. Mas não há como dar maiores declarações, pois o setor aguarda os resultados dos exames.

 

Desde o início da gestão, a Unidade de Controle de Vetores tem intensificado a realização de visitas domiciliares, realização de bloqueios a casos suspeitos e positivos e a inspeção de canais de drenagem de águas pluviais, terrenos não edificados e bocas de lobo com o intuito de otimizar as ações de combate a Dengue. Inclusive, uma campanha de conscientização já está sendo feita, mas é necessário que a população faça a adesão e mantenha seus quintais sem criadouros do mosquito.

 

“Estamos fazendo bloqueios de suspeitos e positivos, coleta de pneus, imóveis especiais, etc. Estamos indo de casa a casa, com orientações e fiscalizações, mas precisamos da conscientização de todos. As pessoas questionam sobre ainda não usarmos o veneno. O veneno é a última ação do controle de vetores, quando todas as outras possibilidades foram esgotadas e nos resta apenas o veneno para passar, o que não é uma ação totalmente eficaz, porque ele só mata o pernilongo quando está já voando, não atingindo larvas. Por isso precisamos conscientizar todo mundo para eliminar criadouros, toda e qualquer forma de criadouro”, afirma a chefe da unidade de Controle de Vetores, Aparecida Donizeti de Oliveira.

 

Além disso, a Vigilância Epidemiológica vem trabalhando continuamente no monitoramento dos casos de Covid-19 e Dengue, além das doenças de notificação obrigatória.


TAGS:

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente