Guaíra segue determinação do Estado e decreta feriado nessa segunda, 25

Somente funcionam a coleta de lixo e o atendimento em regime de plantão 24h do Pronto Socorro e da Guarda Civil Municipal. Ideia é aumentar o índice de isolamento social para evitar contágio do Covid-19

Cidade
Guaíra, 24 de maio de 2020 - 10h32

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou na madrugada de sexta-feira, dia 22, o Projeto de Lei de autoria do Governador João Dória que antecipa o feriado estadual de 9 de Julho (Revolução Constitucionalista de 1932) para esta segunda-feira, dia 25. A medida faz parte das ações do Governo para amenizar o avanço da COVID-19 (coronavírus) em São Paulo. Os técnicos acreditam que com a interrupção nas atividades e a pouca circulação das pessoas, o contágio pela doença poderá ser desacelerado.

Como a determinação é do Governo do Estado, e vale para todos os municípios paulistas, o prefeito José Eduardo Coscrato Lelis confirmou que em Guaíra será feriado manhã, 25. Da administração pública, somente o setor da limpeza pública trabalhará, além do atendimento do Pronto Socorro Municipal e Guarda Civil Municipal atendendo em sistema de plantão 24 horas.

“Nós temos que acatar a determinação do Governo do Estado. Mas, lembramos que esse feriado prolongado não é férias e sim quarentena. Temos que evitar aglomerações e ficar em casa. Vamos usar o bom senso”, disse o prefeito José Eduardo.

Isolamento social

O estado está preocupado com o alto número de contágio do novo coronavírus na capital e em diversos municípios paulistas. Assim, o governo espera que, com o feriado, as pessoas se mantenham em casa aumentando a adesão ao isolamento social, segundo o sistema utilizado pelo governo federal que monitora os deslocamentos da população a partir dos telefones celulares.

9 de julho

Em 9 de julho é celebrado, desde 1997, a data da Revolução constitucionalista de 1932, um movimento armado, que resultou da revolta generalizada no Estado de São Paulo contra o governo de Getúlio Vargas, que assumira o poder em 1930 com um golpe de Estado, derrubando o então presidente Washington Luís e impedindo a posse de seu sucessor.

Com o apoio de grupos econômicos e políticos locais, o levante – que resultou no maior conflito militar do país no século 20 – teve início no dia 9 de julho de 1932, e terminou com a rendição do Exército Constitucionalista em 2 de outubro.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente