Netinho Nogueira renuncia presidência e Câmara elege nova mesa diretora

Geral
Guaíra, 24 de junho de 2016 - 08h01

Com a renúncia de Mário Carlos Nogueira Neto, o vereador José Renato Tavares foi eleito presidente da Casa de Leis e comandará o Poder Legislativo até o final deste mandato

A vereadora Cida Armani (2ª secretária), João José de Oliveira (1º secretário), Toin do Raio X (vice-presidente) e José Renato Tavares (presidente)

A vereadora Cida Armani (2ª secretária), João José de Oliveira (1º secretário), Toin do Raio X (vice-presidente) e José Renato Tavares (presidente)

A 11ª sessão ordinária deste ano, a última antes do recesso parlamentar de julho, também foi marcada pela eleição da nova mesa diretora após o vereador Mário Carlos Nogueira Neto (PROS) renunciar o cargo de presidente.

Netinho Nogueira alegou a renúncia ao cargo para cuidar de sua pré-candidatura a vice-prefeito. “Como sempre defendi uma isenção dentro do Poder Legislativo na questão partidária, achei correto tomar esta decisão, uma vez que em breve iremos iniciar uma disputa eleitoral e quero participar dela apresentando minhas propostas”, comentou.

Ao término da sessão, José Renato Tavares (PSD) foi eleito presidente, tendo como vice-presidente Antônio Eurípedes da Silva (PSB), o Toin do Raio X, que era 2º secretário. Com a vacância desta posição, Maria Aparecida Silva Armani (PT), a Cida Armani, foi eleita como 2ª secretária.

O novo presidente da Câmara afirmou que seguirá o trabalho de seu antecessor, mas utilizará a experiência por ter sido presidente do Legislativo no último mandato. “Quero agradecer aos vereadores por este voto de confiança. Procurarei fazer uma presidência isenta, coesa e com responsabilidade, sempre pensando no bem comum da cidade”, disse Tavares.

A nova mesa diretoria terá a tarefa de comandar as atividades do Poder Legislativo em ano de pleito eleitoral em que a maioria dos vereadores estará participando do processo, como pré-candidatos ao Executivo ou pré-candidatos a reeleição parlamentar.

RECESSO

A partir de 1º de julho de 2016, a Câmara Municipal entrará em recesso parlamentar por 30 dias. É um período em que os vereadores trabalham internamente e não são realizadas sessões ordinárias. Mas, segundo adiantou José Renato Tavares, não estão descartadas sessões extraordinárias neste período.

De acordo com o presidente da Casa de Leis, vereadores seguirão trabalhando normalmente no período de recesso. “Só não teremos sessões ordinárias, mas não está descartada a possibilidade de termos sessões extraordinárias caso precisemos analisar algum projeto de lei que necessite ser votado neste período. Vamos estar à disposição”, concluiu Tavares.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente