Islam religião do conhecimento

Opinião
Guaíra, 8 de janeiro de 2016 - 10h27

A religião islâmica tem como base fundamental tirar o ser humano da escuridão da ignorância, trazendo o mesmo para a luz do conhecimento. Sem o verdadeiro conhecimento jamais teremos como conhecer a Deus e o adorar da maneira correta. Por isso os primeiros versículos revelados por Deus através do anjo Gabriel  ao Profeta Muhamad (a paz esteja com ele) foi: [Lê em nome de teu Senhor, que criou. Que criou o ser humano de uma aderência. Lê, e teu Senhor é O mais Generoso, Que ensinou a escrever com o cálamo. Ensinou ao ser humano o que ele não sabia] (Al Álaq: 1-5). O Profeta Muhamad SWS recebia a revelação de algo impossível a ele, que era ler, pois o mesmo era analfabeto. E ainda  desafiava seu povo que se encontrava adorando ídolos  e estatuas, além do milagre da recitação do alcorão que desbancou os poetas eloqüentes da época. Deus assim diz no alcorão : Buscam, então, o julgamento dos tempos da jahiliah (ignorância)? E quem melhor que Deus, em julgamento, para um povo que se convence da verdade? (Al Maidah: 50). Portanto, nesta religião não há espaço para a ignorância, as conjecturas, a dúvida ou as incertezas, onde bastava o ser humano procurar que teria as respostas para tudo em sua vida. O Profeta Muhamad (a paz esteja com ele) assim disse: “A busca do conhecimento é obrigação de todo muçulmano”. Sua inteligência era tamanha que dava a liberdade aos prisioneiros de guerra que ensinasse 10 habitantes de seu povo, em vez de maltratar os mesmos, utilizava das qualidades destes para passar aos outros. E disse ainda: que quem procura um caminho para o conhecimento, Deus facilita para a pessoa o caminho para o Paraíso. A partir deste estimulo em estudar e passar adiante o aprendizado, o islamismo foi se espalhando nos quatro cantos do mundo, onde os pioneiros na matemática, física, astronomia, medicina, farmacologia, etc, dentre outros campos se deram através de estudiosos muçulmanos, onde hoje colhemos os frutos destes pensadores. A própria descoberta do Brasil através de navegadores  muçulmanos se deu muito antes de Cabral, que eram navegadores natos e criadores dos mapas continentais. Os próprios  negros africanos sabiam ler, eram mais avançados que os Europeus, sendo os precursores do cultivo da cana de açúcar, algodão, arte da culinária e diversas culturas hoje existentes. Ibn Al Qayyim Jawziyyah, teólogo e sábio  islâmico disse: “Existem seis estágios do conhecimento”: Primeiro: fazer perguntas de maneira educada; Segundo: permanecer em silêncio e ouvir atentamente; Terceiro: entender bem; Quarto: memorizar; Quinto: ensinar; Sexto – e este é o resultado: praticar, aplicando esse conhecimento e respeitar seus limites.   Não basta termos  o conhecimento, guardando conosco e não passar aos demais, pois a melhor das pessoas é aquela que aprende o alcorão e ensina aos outros, como disse o Profeta Muhamad SWS, não podendo haver egoísmo, onde o que queremos de beneficio para nós, devemos almejar aos nossos semelhantes, para que a sociedade seja beneficiada destas dádivas. Deus diz no alcorão: Ó meu Senhor aumente-me em sabedoria (taha 114). Verificamos que Deus não ordenou o Profeta SWS a pedir aumento em nenhum outro ponto além da sabedoria. Isto porque a sabedoria é a chave de todas as virtudes, com o conhecimento, o indivíduo estará protegido da idolatria e de todos os males e pecados, onde se completa a boa conduta. Por fim devemos saber que o conhecimento é perseguido e praticado com modéstia e humildade, e nos leva à dignidade, a liberdade e a justiça, sendo o principal objetivo de nos aproximar de nosso Criador.


TAGS:

Girrad Mahmoud Sammour

Girrad Mahmoud Sammour, Advogado, Pós Graduado em Processo Civil, Professor Divulgador Do Instituto Latino Americano De Estudos Islamicos-Ilaei, Diretor Da Mesquita De Barretos-Sp. Dúvidas e palestras  [email protected]

Ver mais publicações >

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente