Projeto obriga açougues a fornecer informações sobre procedência da carne

Agora
Guaíra, 13 de fevereiro de 2016 - 10h22

O plano objetiva impedir a atuação de abatedouros e frigoríficos clandestinos que distribuem produtos impróprios ao consumo no Estado de São Paulo

O coordenador da Frente Parlamentar de Defesa do Consumidor, Deputado Jorge Wilson Xerife do Consumidor (PRB) apresentou na Assembleia Legislativa o projeto de lei nº 30 de 2016 que obriga os açougues, supermercados e comerciantes de carne a expor, em local visível, o nome, telefone, endereço e número da inspeção do frigorífico fornecedor dos produtos expostos à venda, bem como o prazo de validade.

O projeto objetiva impedir a atuação de abatedouros e frigoríficos clandestinos que distribuem produtos impróprios ao consumo no Estado de São Paulo. Em virtude da dificuldade de controle de qualidade, inúmeros estabelecimentos utilizam, de modo inconsequente, o subterfúgio da venda em varejo de carne fora da embalagem original para mascarar a sua origem duvidosa.

“Alimentos aparentemente normais podem conter micro-organismos capazes de provocar sérias doenças ao consumidor. Com a carne não é diferente: quando inapropriada para o consumo ou fora do prazo de validade pode colocar em risco a saúde da população” disse o autor do projeto.

“A lei concederá ao consumidor o seu direito fundamental de acesso à informação. Quem compra pode e deve fiscalizar, pessoalmente, a qualidade e origem da carne que consome” justificou o deputado Jorge Wilson.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agora
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente