Próximas fases da vacina H1N1: crianças, grávidas, professores, PCDs e adultos acima de 55 anos

Na próxima semana, entram novos grupos prioritários na campanha de vacinação contra a gripe

Saúde
Guaíra, 6 de maio de 2020 - 23h57

A campanha de vacinação contra a gripe (H1N1) parte para novas fases de imunização, com a inserção de outros grupos prioritários contemplados com as doses gratuitas: gestantes, crianças com mais de 6 meses e menos de 6 anos, puérperas (mulheres que deram a luz há 45 dias)  e PCDs (Pessoas com Deficiência), a partir do dia  11 de maio. Já no dia 18, entram no público-alvo professores e adultos de 55 a 59 anos.

A Coordenadora Geral do PNI (Programa Nacional de Imunização), Francieli Fontana Sutile Tardetti Fantinato salienta que a cobertura vacinal em crianças e gestantes tem ficado abaixo da meta de 90% nos últimos anos, o que requer esforços maiores para a vacinação.

Assim, a Vigilância em Saúde do Município solicita encarecidamente a grávidas e pais dessas crianças que compareçam nos postos mais próximos de suas casas, para que estes dois segmentos recebam as doses.

A meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário e as ações de vacinação estão sendo organizadas no formato do afastamento social, com servidores da saúde pública orientando e controlando o fluxo de pacientes nas USFs – Unidades de Saúde da Família –tendo em vista as medidas preventivas de enfrentamento ao cenário epidemiológico para a Covid-19.

ESTRATÉGIA

O Ministério da Saúde tomou a decisão de realizar a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza com três semanas de antecedência pelo momento em que o mundo enfrenta no combate à Covid-19. Embora esta vacina não proteja contra o novo Coronavírus, pretende-se proteger de forma antecipada a população contra a influenza, além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde, auxiliando na exclusão de diagnósticos em virtude da nova doença.

Destaca-se que os sintomas da influenza são semelhantes aos da Covid-19 e essa antecipação visa reduzir a carga de circulação da influenza na população, bem como suas complicações e óbitos, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco. A vacina protege contra os vírus influenza A(H1N1)pdm09, A(H3N2) e Influenza B.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Saúde
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente