Testes rápidos devem ser destinados a público específico, conforme determinação do Ministério da Saúde

Guaíra adquiriu 700 testes, que serão utilizados em pacientes internados ou profissionais da saúde e segurança pública com sintomas graves

Saúde
Guaíra, 10 de maio de 2020 - 10h39

Para esclarecer como serão utilizados os 700 testes rápidos para detecção do COVID-19, o governo municipal, através do Grupo de Trabalho para o Monitoramento, Prevenção e Combate ao coronavírus, divulgou uma nota técnica com todos os critérios de quem será testado.

Segundo o informativo, a testagem será feita em pessoas com quadro respiratório agudo, febre, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e inapetência acompanhado de tosse, ou dor de garganta, ou coriza, ou dificuldade respiratória, vinculados aos seguintes grupos: profissionais de saúde da atenção primária, pronto socorro e hospital; profissionais da segurança pública em atividade; e pessoas com diagnóstico de síndrome gripal que residam no mesmo domicílio de profissional da saúde ou segurança; cumprindo os critérios previstos na Notas Técnicas do Ministério da Saúde e SES.

Dentro da possibilidade de testes disponíveis, também serão priorizados os seguintes grupos de pessoas sintomáticas: pessoas com 60 anos ou mais, residentes em instituições de longa permanência de idosos; pessoas com 60 anos ou mais, portadoras de comorbidade de risco para complicação do COVID-19 e demais sintomáticos com idade igual ou superior a 60 anos.

“Esclarecemos que, em nosso município, já foram confirmados dois casos positivos da doença, e a transmissão no interior de São Paulo, segundo os profissionais técnicos, está somente se iniciando, portanto, a prevenção e cuidado são ações necessárias a todos munícipes”, destaca a nota, ressaltando para que o isolamento social seja mantido, já que é a única alternativa para evitar a transmissão do coronavírus.

“Somos sabedores que o vírus está circulando em Guaíra, frente aos casos já positivados da doença, assim, novamente, reiteramos da necessidade do isolamento social da população de Guaíra, bem como, da utilização de máscaras quando a saída for extremamente necessária.”

Todos os estabelecimentos comerciais com autorização para funcionamento previstos no Decreto Estadual devem exigir tanto de seus colaboradores, quanto dos consumidores, a utilização de máscaras, álcool gel, o distanciamento em filas e demais  orientações já realizadas.

“Informamos ainda que os leitos de referência de UTI do município são localizados em  Hospital Referência Regional na cidade de Barretos, portanto, se  trata de leitos destinados às cidades da DRSV da Secretaria Estadual  da Saúde do qual Guaíra faz parte.    Esclarecemos também que a secretaria municipal de saúde já destinou 10  leitos isolados para o COVID-19 na Santa Casa de Guaíra estando todas as providências cabíveis devidamente organizadas e planejadas.”


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Saúde
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente