Vacina da gripe está liberada nos postos de saúde para toda a comunidade

A campanha de vacinação foi estendida para todas as idades enquanto houver doses disponíveis nos postos de saúde

Saúde
Guaíra, 2 de julho de 2020 - 01h31

O Estado de SP liberou a vacinação contra a gripe para pessoas de todas as faixas etárias, enquanto houver doses disponíveis nos postos ou até o dia 24 de julho. A medida tem o objetivo de proteger a população contra o vírus Influenza, reduzindo o número de pacientes com sintomas respiratórios na rede de saúde.

Vale ressaltar que devem ser preconizados os grupos prioritários como de crianças com idade de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas, pois os índices nestes públicos ainda são inferiores a 60%. A vacina é segura, eficaz e protege contra as complicações da gripe, como pneumonias.

É muito importante que pessoas que se enquadram nestes grupos vulneráveis busquem a unidade de saúde mais próxima de sua residência. A vacina protege contra as complicações da gripe e não causa a doença”, aponta a secretaria de saúde.

Os interessados devem procurar as USFs (Unidades de Saúde da Família) de sua referência no horário usual de vacinação da unidade.

Neste ano, as doses são constituídas por três cepas de Influenza: A/Brisbane/02/2018 (H1N1)pdm09; A/South Austrália/34/2019 (H3N2); e B/Washington/02/2019 (linhagem B/Victoria).

Coronavírus

A vacina contra a gripe não imuniza contra o novo coronavírus, mas a campanha é fundamental para reduzir o número de pessoas com sintomas respiratórios nos próximos meses. “Além de proteger a população contra a Influenza, precisamos minimizar o impacto sobre os serviços de saúde em meio à pandemia de COVID-19, já que os sintomas destas doenças são semelhantes”, diz a pasta.

A orientação aos profissionais que trabalham na campanha é para que haja organização da fila e do ambiente. Além disso, é importante realizar uma triagem com identificação de sintomático respiratório – presença de febre, tosse, coriza e falta de ar. Se a pessoa apresentar febre ou mau estado geral, deve ser colocada máscara no paciente e adiada a vacina, com recomendação para seguir o isolamento domiciliar.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Saúde
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente