Vacinação contra gripe entra na reta final, mas adesão é baixa entre mães e crianças

Começa hoje (19) em Guaíra, a última fase da campanha, com inclusão de pessoas de 55 a 59 anos e professores

Saúde
Guaíra, 19 de maio de 2020 - 15h09

Começa hoje (19) em Guaíra a última fase da campanha de vacinação contra a gripe, que se encerrará no dia 5 de junho. A partir de hoje, doses também serão disponibilizadas para adultos de 55 a 59 anos de idade, além de professores de escolas públicas e privadas.

Ainda assim, pessoas que pertencem a outros grupos, mas ainda não foram imunizadas, podem e devem comparecer aos postos. Alerta especial é para mães e menores de seis anos, grupos que ainda têm cobertura vacinal baixa.

A terceira etapa começou no dia 11 e foi dividida em duas fases, visando reduzir aglomerações para reforçar a prevenção à COVID-19. No entanto, crianças, gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias), devido ao medo de possível contaminação ao novo coronavírus, através de aglomeração nos locais, não compareceram aos postinhos para a vacinação. Embora o prazo inicial para estes grupos fosse 17 de maio, as doses ainda serão disponibilizadas, visto que a meta é alcançar pelo menos 90% do público-alvo.

Historicamente, a adesão é contida entre mães e menores. Neste ano é um pouco melhor em comparação ao ano passado, mas ainda aquém do que é preciso. Em 2019, a campanha começou em 10 de abril, e em seis dias só havia alcançado 13,1% das crianças, 18,7% das grávidas e 21,4% das puérperas em todo o estado.

“Pedimos às famílias para zelarem pela imunização de seus pequenos, grávidas e às mães que deram à luz recentemente. Estão circulando doenças respiratórias, como a gripe e a COVID-19, e toda medida preventiva é necessária. Ir ao posto rapidamente para se vacinar é um gesto de cuidado individual e coletivo”, enfatiza a diretora de Imunização da Secretaria, Nubia Araújo. “Esta vacina é totalmente segura e não causa gripe, pois é composta apenas de fragmentos do vírus que garantem a devida proteção”, enfatiza.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Saúde
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente