AUXÍLIO TAXISTA: TERMINA HOJE O PRAZO PARA PREFEITURAS ENVIAREM INFORMAÇÕES DE CADASTRADOS

Base de dados será usada para pagamento do Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxis a partir de agosto. A Dataprev será responsável pelo processamento dos dados registrados pelas prefeituras

Cidade
Guaíra, 31 de julho de 2022 - 14h41

Rio de Janeiro – Circulação de táxis na região central do Rio. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Prefeituras de todo o país têm até o próximo domingo (31) para enviar ao Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) as informações de taxistas regularmente cadastrados junto aos municípios, que poderão receber o Benefício Emergencial aos Motoristas de Táxi (BEm-taxista). Com validade até dezembro deste ano, o auxílio está previsto na Emenda Constitucional nº 123, de julho deste ano, e a previsão do governo federal é que a primeira parcela seja paga até 16 de agosto.

 

O reforço financeiro é justificado pelos impactos causados pela elevação dos preços do petróleo, combustíveis e seus derivados. O taxista Francisco Lourenço trabalha na área há 21 anos. Com a demanda de passageiros em baixa, ele comemora o benefício. “Para mim seria uma boa ajuda. A situação não está boa, está muito fraca a praça. Dificuldade não só nossa, mas também dos passageiros. Está difícil para todo mundo”, conta Francisco. 

 

As prefeituras podem cadastrar as informações dos motoristas de táxi por meio deste link. A participação das administrações locais no envio dos cadastros ocorre pela competência municipal ou distrital sobre o tema. Caberá à Dataprev o processamento dos dados registrados no formulário eletrônico. 

 

O orçamento total do auxílio é de R$ 2 bilhões. Serão considerados aptos a receber o BEm-taxista os profissionais da área com Carteira Nacional de Habilitação válida e alvará em vigor até 31 de maio de 2022. Segundo o governo federal, o valor e o número de parcelas podem variar de acordo com o número de beneficiários cadastrados. 

 

BEm-caminhoneiro

 

Sobre o Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (BEm-caminhoneiro), o governo afirma que as informações de cadastro já estão em processamento pela Dataprev para permitir o pagamento aos elegíveis. De acordo com o MTP, vão ser seis parcelas mensais de R$ 1 mil e a previsão para pagamento do primeiro lote é dia 9 de agosto. 

 

 

 

 


TAGS:

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente