“Circo dos horrores”: sessões da Câmara são marcadas por gritarias e ofensas entre vereadores

Alguns parlamentares têm utilizado os seus poucos minutos de pronunciamento para atacar seus companheiros da Casa de Leis, ou até mesmo cidadãos comuns

Política
Guaíra, 16 de março de 2020 - 09h02

Na sessão ordinária de ontem (03) da Câmara Municipal de Guaíra, após um pronunciamento polêmico do vereador e presidente do legislativo Edvaldo Moraes, que encerrou o encontro ali mesmo, na Tribuna Lacativa, o clima esquentou.

Populares, que estavam no plenário e que foram citados entre as palavras de Edvaldo tentaram lhe interromper, mas, como não conseguiram, após encerrada a reunião, acabaram mostrando sua indignação com a falta de respeito do edil. Assim também ocorreu com a vereadora Dra. Bia Junqueira, que levantou-se e acusou Edvaldo da época em que sua esposa se tornou assessora de um deputado porque ele não podia.

A situação foi constrangedora e mostrou que a Câmara Municipal tem dado prioridade para discussões pessoais ao invés de apresentar melhorias ou fiscalizações para a população.

Essas “brigas” entre os parlamentares têm ocorrido há algum tempo. Vereadores de oposição e situação têm “lavado a roupa suja” durante os seus minutos de pronunciamento, muitas vezes aos gritos e ofendendo ouros companheiros. Como resultado disso, a população tem criticado a posição dos políticos dentro do legislativo, já que foram eleitos para reivindicar pela comunidade e não a eles próprios.

Nessa terça-feira (03), substituindo o Dr. Cecílio, a vereadora Joana Gama confessou o que a população tem falado da Câmara nos últimos tempos. “Estou um pouco assustada com a Câmara Municipal de Guaíra. Tinha que expor aqui, hoje, porque encontrei alguns cidadãos e perguntaram pra mim se eu iria participar do ‘circo dos horrores’. Fiquei muito chateada com esse tipo de pergunta, mas tinha que expor aqui, porque nós somos o circo de horrores. O político já anda muito desacreditado, está bem complicado perante a população. As pessoas só pensam no beneficio próprio e acho que temos que pensar na população. Sempre prego a boa política, porque tive princípios, tive criação e acredito que o mal não vença o bem nunca, a mentira sempre vem à tona e o mal não consegue transparecer.”

Gama lamentou que os parlamentares municipais têm se tornado “piada” na cidade. Ela ainda ressaltou que isso tem refletido na descrença da comunidade com o legislativo. “As pessoas não querem mais vir na câmara, não querem assistir a gente nas redes sociais, porque a gente só tumultua, só briga. Acho que temos que ser a solução da população.”

Por fim, Joana pediu mais respeito entre os companheiros. “Não sou ninguém, minha vida pública é bem curta, bem pequena perante muitos que estão aqui, mas o que eu queria falar aqui: nós, como vereadores, temos que primeiro nos dar o respeito, porque está muito complicado, a gente vê só nosso umbigo e não quer dar atenção para a população, porque estamos desrespeitando a população.”

 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Política
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente