Devido à pandemia, Congresso avalia adiar eleições municipais para novembro ou dezembro

Datas propostas permitiriam adiamento sem estender mandatos atuais. Calendário original prevê eleição em 4 de outubro, mas o crescimento do Covid-19 no país põe cronograma em risco

Política
Guaíra, 24 de maio de 2020 - 10h28

Os debates em torno das eleições municipais começam a ganhar corpo no Congresso Nacional. Ainda não está definido um possível adiamento. Mas, na última quinta-feira (21), o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, adiantou que uma das possibilidades é que o primeiro turno ocorra em 15 de novembro ou no dia 6 de dezembro.

A proposta ainda será analisada pelo Congresso, em comissão mista formada por deputados e senadores. Maia reafirmou que é contrário à prorrogação de mandato.

A comissão mista está prevista para ser criada nessa semana, logo após a posse do ministro Luís Roberto Barroso na presidência do Tribunal Superior Eleitoral, que será consultado antes do texto ir à votação, segundo Rodrigo Maia.

O presidente da Câmara também comentou que pediu a um grupo de deputados que estude a possibilidade de prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 pago a trabalhadores informais. Para Maia, é possível a prorrogação, mas, para isso, é preciso realocar recursos da União que atualmente estejam sendo aplicados em áreas não prioritárias para o momento de crise.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Política
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente