Dra. Bia Junqueira confirma sua pré-candidatura à prefeita

A parlamentar, que é conhecida pelo seu perfil fiscalizador e por buscar soluções para os problemas da comunidade, se colocou à disposição do Podemos para disputar as eleições municipais para o cargo majoritário. Nome do candidato a vice está em análise

Política
Guaíra, 19 de julho de 2020 - 08h06

No atual momento do país, é chegada a hora de falar de  política, uma vez que é através dela que tomamos a decisão na urna e entregamos o destino do município e de sua população nas mãos de uma pessoa. Independente de pandemia, os eleitores serão convocados a eleger seu futuro prefeito ou prefeita, além da Câmara de Vereadores. E o cenário deste pleito, que definirá o futuro de Guaíra pelos próximos quatro anos, já está tomando formas.

Os pré-candidatos começam a surgir. A vereadora de segundo mandato mais votada na eleição de 2016, a advogada Dra. Ana Beatriz Coscrato Junqueira, hoje filiada ao Podemos, confirmou na última semana que colocou seu nome à disposição do partido para a disputa do cargo de prefeita na eleição que, neste ano, irá ocorrer em novembro.

Ela que é sobrinha de um ex-prefeito, Dr. Orlando Garcia Junqueira, exerceu nos seus dois mandatos como vereadora um papel de fiscalização e busca de solução para os problemas que afligem a comunidade. E foi este perfil que a fez se distanciar do grupo que hoje administra a cidade. Demonstrando-se inconformada com “os rumos que a administração tomou nos últimos anos e com a falta de planejamento para cumprir o que foi prometido para a população”, ela rompeu com o atual prefeito e exerceu uma postura independente no Legislativo local.

Como profissional do Direito, estudou muito as atribuições do setor público e diz que se sente preparada para governar a cidade e propor as mudanças que Guaíra precisa para tomar o rumo do desenvolvimento que todos os cidadãos anseiam.  “Acredito que dei minha contribuição na Câmara Municipal, tanto como vereadora como presidente da mesa diretora. Não fugi da minha responsabilidade, não mudei meu perfil fiscalizador e com isso consegui reunir condições de oferecer meu trabalho também no Poder Executivo. Hoje sou pré-candidata justamente porque a população quis que assumisse esta responsabilidade”, comenta.

Mas, para que tudo saia do papel, é preciso um plano de ação. Questionada sobre como irá direcionar este novo projeto, ela esclarece que pretende na pré-campanha mostrar um pouco da sua visão da administração pública, o que precisa ser corrigido e acrescentado. “Quero despertar no cidadão, um novo olhar para nossa cidade, onde os recursos públicos são realmente investidos para o bem e a qualidade de vida das pessoas. Guaíra, como todos sabem, é uma cidade com um orçamento rico, mas que, na prática, sobra muito pouco de capital de investimento. Para isso, é preciso sensibilidade, saber ouvir e querer fazer o que realmente é certo. Caso meu nome seja confirmado, acredito que podemos construir juntos esta nova proposta para administrar a cidade”, ressalta.

Segundo a Dra. Bia Junqueira, a nova proposta passa pelos bons preceitos da administração pública, que são: economicidade, transparência,  legalidade e principalmente a correta aplicação dos recursos públicos que são arrecadados e devem retornar em benefício para toda a coletividade.

O VICE-PREFEITO

Com o nome lançado, agora, ela terá que passar por uma convenção municipal do Podemos, que juntamente com outro partido, o Patriota, formou uma nova ala política da cidade, que já carrega uma linha de trabalho, mas que está aberta também a novos partidos que comungam com os mesmos propósitos. É nesta etapa que também será definido o candidato a vice-prefeito para compor a chapa. Nomes, dentro e fora das legendas estão sendo analisados. As duas siglas já possuem filiados que podem compor também o grupo de candidatos a vereador.

Sobre o plano de governo, que sempre é aguardado com expectativa para a população, Dr. Bia Junqueira alega que já possui um projeto para Guaíra, mas que pretende ouvir os cidadãos neste processo de construção de uma plataforma de governo. “Acho fundamental a participação da população neste processo. São eles que sentem lá na ponta a ausência da mão do poder público em suas comunidades. Vamos fazer juntos, sempre fundamentados dentro da realidade do município, sem falsas promessas ou ilusão. A verdade deve prevalecer”, finaliza.

 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Política
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente