No apagar das luzes

Editorial
Guaíra, 27 de outubro de 2016 - 09h54

Faltando um pouco mais de 60 dias para Sérgio de Mello entregar a prefeitura aos próximos mandatários, nosso atual prefeito não se cansa de nos surpreender.

Primeiro, renovou um contrato milionário com a empresa encarregada da limpeza pública, numa conta que muitos poucos compreenderam, mesmo com as explicações estapafúrdias dadas pelas autoridades competentes. Depois, começou a desmanchar a sua base de colaboradores.

Assim, foram exonerados do cargo de confiança que ocupavam os seguintes secretários: Alex Queli (Cultura), Zé Carlos Junqueira (Agricultura), Wilker Gléria (DEAGUA), todos do primeiro escalão e tantos outros que saíram para se candidatar e não foram reconduzidos aos seus cargos desde então.

Surpreende, porque não é de praxe nenhum prefeito desmontar o suporte de seus coordenadores desta maneira, faltando tão pouco tempo para terminar o mandato. Usualmente, quando um prefeito organiza o seu primeiro escalão, o faz colocando cada pessoa no setor que lhe é mais propício e que tenha mais afinidade, justamente para organizar e colaborar com os seus quatro anos de governo.

Mas, Sérgio de Mello não foi muito feliz neste setor. Somente na Coordenadoria de Cultura passaram: Bruninha Barbosa, Alex Queli (que foi e voltou tantas vezes e quantas foram as necessidades do prefeito), Pitt Dias…

Wilker Gléria funcionou como um coringa: ocupava as secretarias ou coordenadorias e diretorias, também de acordo com a “precisão” e não de acordo com a sua potencialidade para exercer tal função. Finalmente, quando se fixou no DEAGUA, foi exonerado.

Na Saúde também a dança das cadeiras esteve em pauta diversas vezes.

Uma pena que tenha faltado planejamento para tais coordenadores, diretores e secretários poderem trabalhar. E o resultado não poderia ser mais desastroso. Até hoje, o cidadão se ressente da falta do “Natal na Praça”, do “ECAL”, da “Lira Musical”, dos “Campeonatos do Vôlei de Areia”, ” Feira da Bondade” e todos os “eteceteras” que a memória aponta.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente