Nosso bairro (quase) esquecido

Editorial
Guaíra, 3 de novembro de 2017 - 10h26

O bairro São José do Albertópolis – o Guaritá – é, sem sombra de dúvidas, um dos mais populosos do nosso município. Fica distante, cerca de 30 quilômetros, mas possui problemas como qualquer cidade.

Sua situação se agrava porque a comunicação com a administração municipal depende de duas situações: ou a presidente do bairro vem até Guaíra trazer as suas reivindicações, ou os vereadores se deslocam para ver “in loco” as necessidades mais prementes.

Como o nosso Guaritá já se tornou grande fisicamente, as dificuldades acompanham o seu tamanho. Assim, na última sessão da câmara houve, através dos vereadores Danilo e Maria Adriana, várias reivindicações de reformas visando melhorias na Saúde, na iluminação, na pavimentação das ruas e avenidas a agora em um outro entrave: a coleta de lixo.

A bem da verdade existe uma vala que está se transformando em um verdadeiro lixão a céu aberto. Como a coleta só existe uma vez por semana, alguns moradores que possuem esta facilidade, trazem o lixo no seu carro particular para a cidade, mas os que residem por lá acumulam o lixo de uma semana em suas próprias casas para depois descartá-los quando passar o recolhimento do lixo.

Um verdadeiro transtorno para aquela comunidade, como se não bastassem os demais problemas já enumerados, como a necessidade de troca de postes de iluminação, reforma do asfalto quase inexistente nas ruas, postinho de saúde, etc, etc…

O nosso Guaritá fica parcialmente esquecido durante grande parte do tempo, mas, com certeza foi e será sempre lembrado em época de coleta, não de lixo, mas de votos nas próximas eleições.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente