Peçam para sair!

Editorial
Guaíra, 6 de julho de 2017 - 10h11

O serviço público – de qualquer setor – está aí com a finalidade de servir o cidadão.

Acontece que, por trás de cada balcão deste mesmo serviço público, existe uma ou mais pessoas que deveriam estar aptas para atenderem com, no mínimo, educação, a quem chega para pedir uma informação.

Nos quadros humorísticos que vemos na televisão, quando um desses episódios são representados, é sempre uma caricatura: a atendente não dá a mínima atenção para que está esperando; geralmente está lixando as unhas ou falando ao telefone.

Nunca vimos qualquer semelhança a uma dessas caricaturas nos atendimentos públicos de nossa cidade. Mas, já aconteceu de recebermos reclamações de que pessoas, despreparadas ou insatisfeitas com a sua profissão, que estão atendendo – mal – a quem procura tal repartição.

São funcionários que parecem estar de mal com o mundo. Sempre carrancudos, sem o sorriso tão necessário nestas horas.

Por outro lado, não se pode generalizar. Este descontentamento é pontual e no geral, os recepcionistas do setor público são atenciosos, preparados para dar a informação e encaminhar quem chega fragilizado por uma doença, por uma dor, ou ansiando uma informação importante.

Assim sendo, há saídas para quem é ríspido no telefone ou pessoalmente: ou pede para mudar de cargo, ou pede para sair de uma vez por todas do atendimento ao público.

Reiteramos que não estamos generalizando, não há necessidade de se sentirem ofendidos aqueles que têm consciência de que os seus préstimos são de excelente qualidade. A estes, nossa consideração e respeito. Aos contrários, que peçam para sair!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente